PUBLICIDADE
Topo

'Um Lugar Silencioso 2' retoma o topo das bilheterias nos EUA

Emily Blunt em cena de "Um Lugar Silencioso - Parte 2"; ao fundo, um dos alienígenas do filme à espreita - Reprodução/YouTube
Emily Blunt em cena de 'Um Lugar Silencioso - Parte 2'; ao fundo, um dos alienígenas do filme à espreita Imagem: Reprodução/YouTube

Da AFP, em Los Angeles (EUA)

13/06/2021 19h36

O assustador "Um Lugar Silencioso 2" voltou ao topo das bilheterias dos cinemas norte-americanos neste fim de semana, enquanto "Em um Bairro de Nova York", baseado no musical de Lin-Manuel Miranda, decepcionou na arrecadação, informaram hoje analistas da indústria com números preliminares.

Esse filme da Paramount, dirigido por John Krasinski com sua esposa Emily Blunt no papel principal, arrecadou US$ 11,6 milhões (cerca de R$ 60 milhões) no fim de semana, segundo estimativa da Exhibitor Relations.

O longa-metragem conta a história de uma família que vive em um mundo pós-apocalíptico assombrado por monstros ferozes que se movem com base no som. É o primeiro filme a ultrapassar a marca de US$ 100 milhões (cerca de R$ 510 milhões) nos cinemas dos Estados Unidos e Canadá desde que a pandemia de covid-19 tomou o mundo e deixou a indústria cinematográfica em crise.

Quanto ao enérgico "Em um Bairro de Nova York", da Warner Bros, com roteiro adaptado dirigido por Jon M. Chu, a arrecadação foi de US$ 11,4 milhões (cerca de R$ 60 milhões), abaixo das expectativas de uma receita entre 15 e 20 milhões. Vale notar que o título também está disponível, sem custo adicional para os assinantes, na plataforma de streaming HBO Max.

O filme aborda a vida e os sonhos de jovens latinos do bairro de Washington Heights, em Nova York.

Outro lançamento está em terceiro lugar: "Pedro Coelho 2: O Fugitivo", animação da Sony, com US$ 10,4 milhões (cerca de R$ 55 milhões).

Em quarto lugar, "Invocação do Mal 3: A Ordem Do Demônio", o novo episódio da franquia de sucesso, com US$ 10 milhões (cerca de R$ 51 milhões). Mais uma vez, a história segue Patrick Wilson e Vera Farmiga como investigadores paranormais enfrentando maquinações demoníacas.

E em quinto lugar na lista está "Cruella", longa live-action da Disney sobre as origens da vilã do clássico "101 Dálmatas", com Emma Stone como protagonista e Emma Thompson em um papel coadjuvante, que arrecadou US$ 6,7 milhões (cerca de R$ 35 milhões).

Outras cifras provisórias da bilheteria dos Estados Unidos:

6 - "Spirit: O Indomável": US$ 2,5 millhões (cerca de R$ 13 milhões)

7 - "The House Next Door: Meet the Blacks": US$ 1 milhão (cerca de R$ 5 milhões)

8 - "Infiltrado" : US$ 615 mil (cerca de R$ 3 milhões).

9 - "Queen Bees": US$ 328 mil

10 - "Espiral - O Legado de Jogos Mortais": US$ 305 mil