PUBLICIDADE
Topo

Repórter da Globo se emociona com idosa chorando de fome: 'Nada para comer'

Dona Janete estava na fila para receber marmita em inauguração de cozinha do "Prato Feito Carioca", da Prefeitura do Rio - Reprodução/ TV Globo/ Globoplay
Dona Janete estava na fila para receber marmita em inauguração de cozinha do "Prato Feito Carioca", da Prefeitura do Rio Imagem: Reprodução/ TV Globo/ Globoplay

De Splash, em São Paulo

21/06/2022 15h21Atualizada em 21/06/2022 15h50

A repórter Lívia Torres, da TV Globo, fazia uma transmissão ao vivo no Rio de Janeiro em uma inauguração de cozinha que passa a distribuir marmitas para pessoas socialmente vulneráveis, quando se emocionou ao ouvir o relato de uma idosa desempregada, que contava as dificuldades para alimentar a família.

"[São] cinco pessoas [para comer na minha casa], eram seis com minha filha que faleceu, fez dois anos agora, e meu marido que faleceu também, vai fazer seis meses. Aí...", contou Dona Janete, que estava acompanhada de um neto, sem completar a fala e indo às lágrimas.

Janete foi ao local receber marmitas, já que faz parte do grupo alvo do projeto. Diversas cozinhas do tipo estão sendo inauguradas no Rio e vão distribuir refeições para populações socialmente vulneráveis e em situação de extrema pobreza que ganham até R$ 105 por mês, de acordo com a reportagem.

1 - Reprodução/ TV Globo/ Globoplay - Reprodução/ TV Globo/ Globoplay
Janete falou que é catadora de latinhas, mas a renda não é suficiente para alimentar as pessoas da família
Imagem: Reprodução/ TV Globo/ Globoplay

"A gente tocou em um ponto difícil para a senhora, peço desculpas", falou Lívia Torres ao ver Janete chorando no "RJ1".

"Domingo a gente não tinha nem nada [para] comer, porque eu tô desempregada, tá muito difícil. Eu tô catando latinha, mas não dá", fala a senhora com a voz embargada. "E eu não tenho a ajuda de muita gente. [...] Domingo a gente não tinha mesmo nada, aí tá difícil".

Emocionada, Lívia então agradece a participação dela no telejornal: "Não esperava que isso acontecesse aqui. É gente que está passando fome, que está necessitando de comida. Projetos sociais, projetos como esses da prefeitura são muito importantes para que essas pessoas possam comer. A gente está em 2022 e as pessoas precisam e têm direito de comer".

A imagem abre para o estúdio enquanto Lívia e Dona Janete aparecem no telão da televisão do RJ1. A repórter então abraça e consola a idosa.

No início da tarde, Lívia Torres comentou o momento em sua conta oficial no Twitter. "Dona Janete foi um soco no meu estômago. Dói saber quanta gente tá na mesma situação, sem dignidade. Ela não tem dinheiro pra comer e também não tem um celular. Aos que pediram contato, estamos tentando falar com a neta, que [ainda bem!] está na escola. Lindo ver tanta gente solidária!".