PUBLICIDADE
Topo

Frias sobre críticas por gastar R$ 78 mil em NY: 'Procurando cabelo em ovo'

Secretário especial da Cultura, Mario Frias - Marcello Casal Jr/Agência Brasil
Secretário especial da Cultura, Mario Frias Imagem: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Colaboração para Splash, em Maceió

12/03/2022 19h04

O secretário especial de Cultura, Mario Frias (PL), disse que "estão procurando cabelo em ovo", ao rebater os questionamentos e as críticas que têm sido feitas em relação à viagem realizada por ele e seu secretário-adjunto, Hélio Ferraz de Oliveira, para Nova York, no ano passado, que provocou um gasto de R$ 78 mil aos cofres públicos.

Segundo informações do Metrópoles, Frias disse hoje que a viagem foi supervisionada pelos órgãos de controle do governo e que "não tem como decidir se uma viagem custa tanto ou não custa tanto", além de ser "óbvio" que ele buscou "gastar o menos possível".

"Estamos fazendo um trabalho que está saneando R$ 13 bilhões e tem gente querendo focar numa viagem internacional que foi buscar acordo bilateral para o Brasil. Eu não tenho nada a dizer, ficam procurando cabelo em ovo", afirmou.

Alvo de investigação pelo Ministério Público do Tribunal de Contas da União, a viagem realizada por Mario Frias e Hélio Ferraz aconteceu entre 14 e 19 de dezembro do ano passado, com custos de R$ 39 mil para cada um deles, em um total de R$ 78 mil.

Segundo o Portal da Transparência (clique aqui para acessar), a viagem aconteceu para que o secretário discutisse "um projeto cultural envolvendo produção audiovisual, cultura e esporte" com o lutador de jiu-jitsu brasileiro Renzo Gracie.

No mês passado, em meio as críticas e as cobranças, o secretario realizou uma live nas redes sociais e disse que o intuito da viagem aos Estados Unidos era trazer o "método da Broadway" para o Brasil.

Os gastos vultosos tiveram forte repercussão na imprensa e nas redes sociais. O âncora do "Jornal Nacional", William Bonner, chegou a ironizar e questionou por que o secretário não fez a reunião de forma virtual.

Mario Frias também chegou a se irritar com o jornalista Guga Noblat, no programa "Morning Show", da Jovem Pan, ao ser questionado sobre o assunto.