PUBLICIDADE
Topo

Felipe Neto crítica prêmio de R$ 1,5 mi do BBB: 'Ninguém vai arriscar nada'

Felipe Neto vê prêmio do BBB sem capacidade de seduzir participantes - Reprodução/Instagram @felipeneto
Felipe Neto vê prêmio do BBB sem capacidade de seduzir participantes Imagem: Reprodução/Instagram @felipeneto

Colaboração para Splash, em São Paulo

26/01/2022 13h46Atualizada em 26/01/2022 14h31

Assim como a cantora Anitta, o youtuber Felipe Neto, de 34 anos, se manifestou, na tarde de hoje, declarando que o clima de 'paz e amor' que está gerando críticas ao "BBB 22" (Rede Globo) é fruto do prêmio de R$ 1,5 milhão não 'valer dar a vida'.

"Anitta cravou no alvo. Enquanto o prêmio do "BBB" for R$ 1.5 milhão, ninguém mais vai dar a vida no programa pelo prêmio", escreveu o Youtuber, em seu perfil no Twitter.

Ele destacou que os brothers têm noção de que uma participação sem criar polêmicas já é o suficiente para faturar alto - e até mais que o prêmio do "BBB" - assim que sair do confinamento.

"Vale muito mais a pena sair com admiração do público, ganhar muitos seguidores e fechar 10-15 milhões em campanhas. Ninguém vai arriscar nada mais por R$ 1,5 milhão", opinou, e acrescentou:

Óbvio que R$ 1,5 milhão muda a vida de 99,9% das pessoas. O ponto é que essas pessoas já entenderam que vale muito mais a pena sair admirado porque vai conseguir isso com campanhas. A Kerline foi a 1ª eliminada do 21 e fez mais de 1.5 com publi.

Felipe Neto encerrou seu posicionamento com uma sugestão de premiação ao reality show da Rede Globo. "Agora, bota R$ 10 milhões de prêmio pra ver se não jogam A VIDA", finalizou.

"Todo mundo com medo"

Anitta opinou sobre o clima de "paz e amor" que tomou conta do "BBB 22". Os participantes falam em fazer uma edição sem brigas e com união — o que não agradou em nada o público.

"É muito fácil entender o que tá acontecendo no BBB. Todas as pessoas viram o linchamento que acontece aqui fora quando alguém erra lá dentro. Está todo mundo com medo disso", escreveu a cantora.

"1 milhão e meio de reais não tem mais o valor de compra de antigamente. Esse valor já teria que ta o dobro pra alguém poder 'tacar o foda-se' pra se arriscar ser ganhador. Ninguém tá contando com o dinheiro do prêmio. Tá contando com as oportunidades aqui fora, logo, não quer ser odiado".