PUBLICIDADE
Topo

Britney Spears diz que emagreceu e está mais ativa após voltar a tomar café

Britney Spears vai celebrar seu primeiro Natal após se livrar de tutela de 13 anos - Reprodução/Instagram
Britney Spears vai celebrar seu primeiro Natal após se livrar de tutela de 13 anos Imagem: Reprodução/Instagram

De Splash, em São Paulo

18/12/2021 16h22

Britney Spears está comemorando aos poucos sua liberdade depois de ficar 13 anos sob a tutela do pai. Uma das mudanças na vida da princesa do pop, atualmente com 40 anos, foi poder voltar a tomar café.

A cantora postou um vídeo dançando energicamente e contando sobre a mudança física que notou ao finalmente retomar o hábito de tomar café, que ela estava proibida nos últimos dois anos.

"Eu estou mais magra agora. Vamos ser honestos. Eu não pude tomar café nos últimos dois anos. E justamente no dia em que eu voltei a tomar um café pela manhã enquanto eu me maquiava notei que não tinha sido a base, nem o rímel, nem as duas horas a mais de sono, nem o blush... o brilho na minha cara e nos meus olhos era por causa do café!"

Britney ainda contou para os seus fãs que agora que voltou a tomar café ela chega a dançar até 3 horas por dia às vezes até faz aula de zumba. A cantora também voltou a beber socialmente e ajustou seus remédios psiquiátricos.

Outro desejo pessoal dela é ter mais um filho. Sob a tutela, Britney Spears era obrigada a usar métodos anticoncepcionais, ficando assim impossibilitada de engravidar de seu noivo Sam Asghari.

Entenda o caso

Jamie Spears, pai de Britney, tinha sua tutela desde 2008, ou seja, era ele quem dava a palavra final em várias decisões da vida da artista como, por exemplo, se ela se casará ou não. O arranjo legal começou devido às preocupações com a saúde mental de Britney, que foi hospitalizada duas vezes em 2008 na ala psiquiátrica de um hospital.

Desde então, o pai de Britney e um advogado assumiram o controle de seus assuntos pessoais e comerciais. A cantora tentou remover o pai da posição de seu tutor em 2020, mas um juiz negou e estendeu a tutela até setembro de 2021. Fãs da artista chegaram a fazer um movimento chamado "Free Britney" pelo fim da tutoria.

Em fevereiro, o The New York Times lançou um documentário chamado "Framing Britney Spears: A Vida de uma Estrela", que mostra os altos e baixos da carreira de Britney e detalhes da tutela da cantora, o que reacendeu as polêmicas em torno do assunto.