PUBLICIDADE
Topo

'Eu já sabia que ele era louco', diz Gilberto Gil sobre Bolsonaro

Gilberto Gil - Reprodução/Instagram
Gilberto Gil Imagem: Reprodução/Instagram

De Splash, em São Paulo

03/11/2021 12h46Atualizada em 03/11/2021 12h52

Em turnê pela Europa desde setembro, Gilberto Gil comentou a situação política do Brasil em entrevista ao portal francês "Francesinfo Culture".

Ao ser perguntado sobre como vivenciou a pandemia, ele respondeu: "Eu estava acompanhando de perto a evolução da situação, do lado da ciência, da medicina, da pesquisa", disse, em francês "perfeito", segundo a matéria.

Fui paciente, esperei, esperei. Depois, foi algo da ordem de se acostumar com essa situação, com as dificuldades do dia a dia. Gilberto Gil

A pergunta seguinte foi mais incisiva e pessoal: "Você já sentiu raiva do presidente, do governo e da forma como lidou com a crise de saúde?" Gilberto Gil respondeu: "Raiva pessoal, eu não sentia. Por que eu não esperava mais nada deles. Eu já sabia que eles eram loucos. Não sentem um interesse profundo pela nação, pela sociedade? É difícil, me faltam as palavras".

O cantor disse ainda espera que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) não seja reeleito:

Espero que ele perca. Ele perdeu muito do seu apoio eleitoral, daqueles que o apoiavam. Eles perderam a esperança que depositaram nele e espero que isso se reflita na votação. Não tenho certeza, mas a possibilidade de uma mudança é muito grande. Gilberto Gil