PUBLICIDADE
Topo

Família de ex-marido de atriz morta em 2009 se revolta com doc da HBO

O roteirista Simon Monjack e a atriz Brittany Murphy - Andreas Branch/Patrick McMullan/Getty Images
O roteirista Simon Monjack e a atriz Brittany Murphy Imagem: Andreas Branch/Patrick McMullan/Getty Images

De Splash

24/10/2021 14h02

A família de Simon Monjack não está nada feliz com o documentário "O Que Aconteceu, Brittany Murphy?", da HBO. Segundo o irmão dele, James, em entrevista para o TMZ, o projeto retratou Simon como um monstro.

Conhecida por filmes como "As Patricinhas de Beverly Hills" (1995), "8 Mile - Rua das ilusões" (2002) e "Sin City - A Cidade do Pecado" (2005), Murphy morreu em circunstâncias misteriosas aos 32 anos, em 2009. Menos de seis meses depois, Simon morreu na mesma casa em circunstâncias semelhantes.

A série de duas partes investiga a vida, relacionamentos e morte da atriz, mas se concentra principalmente no casamento com Simon. Muitas suspeitas foram levantadas sobre o que rolou, mas um tema no documentário permanece constante: Simon não era um cara confiável.

Ao longo dos episódios, o ex-marido é acusado de controlar Brittany, tirar dinheiro dela e impedi-la de receber atenção médica. Tanto James quanto a mãe deram entrevista para o projeto da HBO, mas eles não sabiam Simon seria retratado como o vilão do caso.

Ao TMZ, James diz que o projeto foi originalmente apresentado para ele como uma peça investigativa sobre as mortes do casal, mas em vez disso saiu como um documentário "sensacionalista".