PUBLICIDADE
Topo

Splash Explica

Tá em dúvida? Chega mais que a gente te explica!


Como uma arma cenográfica pode matar uma pessoa?

Laysa Zanetti

De Splash, em São Paulo

22/10/2021 11h09Atualizada em 22/10/2021 15h20

O tiro que matou a diretora de fotografia Halyna Hutchins, 42 anos, e deixou ferido o diretor Joel Souza, no set de filmagens do faroeste "Rust", aconteceu quando uma arma cenográfica foi disparada pelo ator Alec Baldwin, 63 anos, durante as filmagens ou ensaio de uma cena. O diretor, de 48 anos, já deixou o hospital hoje pela manhã.

O caso, que está sob investigação no condado de Santa Fé, no estado do Novo México, gera muita confusão e dúvidas, e a polícia evitou usar o termo "acidente" em comunicado à imprensa —deixando a determinação para os investigadores. Baldwin, autor do disparo, foi visto bastante abalado após prestar depoimento.

A arma cenográfica, munida com balas de festim, não deveria causar ferimentos. Mesmo assim, elas podem ser perigosas.

O que é uma arma cenográfica?

Alec Baldwin no set de "Rust" - Reprodução/Instagram - Reprodução/Instagram
Alec Baldwin no set de "Rust"
Imagem: Reprodução/Instagram

Uma arma cenográfica é qualquer tipo de armamento utilizado em filmagens ou apresentações ao vivo, para o propósito do entretenimento. Embora muitos acreditem que armas cenográficas são sempre armas que não funcionam, algumas vezes armas reais são utilizadas para apresentar mais realismo em planos fechados —a diferença é que elas precisam ser adaptadas para balas de festim.

Mesmo assim, é importante que elas não estejam carregadas, para evitar qualquer tipo de incidente.

Segundo o ator e músico W. Earl Brown, quando é necessário usar uma arma de verdade, os profissionais responsáveis pelo seu manuseio precisam limpá-la completamente, e revisar atentamente todos os orifícios em que um projétil pode se alocar.

Se balas expansivas precisarem ser utilizadas (um tipo de bala que impede a penetração excessiva, mas podem produzir um ferimento maior), elas precisam ser verificadas pelo assistente de direção, pelo diretor e pelos atores que estiverem envolvidos na cena.

As regras nos sets são claras: trate toda arma como se ela estivesse carregada.

Qual tipo de munição é usada?

Halyna Hutchins na festa oficial de lançamento do Sundance Film Festival de 2018 - Mat Hayward/Getty Images for AMC Networks - Mat Hayward/Getty Images for AMC Networks
Halyna Hutchins na festa oficial de lançamento do Sundance Film Festival de 2018
Imagem: Mat Hayward/Getty Images for AMC Networks

Em geral, as balas utilizadas em filmagens são de festim. O diferencial deste tipo de munição é o fato de ela não ter um projétil, a parte que chega até o alvo. Por isso, serve apenas para fazer o barulho e criar o efeito na cena. Em tese, não deve machucar.

Segundo relatos divulgados pela equipe responsável pela investigação, ainda não foi possível identificar qual tipo de munição foi usada na cena —se uma bala "de verdade" ou uma de festim. Os possíveis motivos são muitos: pode ser que a arma estivesse com problema, carregada com a munição errada ou até que os muitos protocolos de segurança não tenham sido seguidos à risca.

Não é a primeira vez

Brandon Lee foi morto no set de filmagens de "O Corvo", de 1993 - Reprodução - Reprodução
Brandon Lee foi morto no set de filmagens de "O Corvo", de 1993
Imagem: Reprodução

O caso da morte de Brandon Lee nas filmagens de "O Corvo" (1994) é o primeiro que vem à mente. Em 1993, o filho de Bruce Lee levou um tiro de uma arma cenográfica, que ainda tinha fragmentos de balas de verdade, expelidos durante uma cena com balas de festim.

Depois que Lee levou o tiro, as câmeras continuaram rodando, e apenas quando o ator não se levantou ao fim da cena foi que a equipe percebeu que havia algo de errado. Ele foi levado para o hospital, mas morreu após 12 horas. Ele tinha 28 anos.

Mas este não é o único. Em 1984, o ator Jon-Erik Hexum atirou na própria cabeça com uma arma que acreditava não estar carregada. Isso aconteceu nos bastidores da série "Retrato Falado", da CBS.

Brandon Lee em cena de "O Corvo" (1994) - Divulgação - Divulgação
Brandon Lee em cena de "O Corvo" (1994)
Imagem: Divulgação

Jon estava filmando uma cena com a arma, que precisou ser refeita diversas vezes. Enquanto a equipe esperava pelos peritos responsáveis pelo manuseio e conferência dos revólveres, o ator disse que estava entediado, e brincou dizendo que iria se matar. Por isso, ele colocou a arma contra a têmpora e apertou o gatilho, acreditando que não seria ferido pois a arma deveria estar vazia.

No entanto, a força da explosão foi o suficiente para expelir a pólvora que estava no revólver. Como ele estava apontado contra uma área sensível do corpo, foi o bastante para fraturar o crânio e causar uma hemorragia.

Após a trágica morte de Hexum, foi criada uma equipe de manipuladores de armas, profissionais que são os responsáveis por acompanhar qualquer tipo de arma de fogo usada em sets. Depois de "O Corvo", as regras tornaram-se ainda mais restritas.

O caso de "Rust" e Alec Baldwin segue sob investigação da polícia. Hutchins fez faculdade na American Film Institute, concluiu a graduação em 2015 e, desde então, trabalhou com astros como Joe Manganiello e chegou a ser listada como uma "estrela em ascensão" pela associação americana de diretores de fotografia, em 2019.