PUBLICIDADE
Topo

Elba Ramalho alerta para prevenção ao câncer de mama: 'Não tenha vergonha'

Domingo Espetacular: Elba Ramalho fala da luta contra o câncer - Reprodução/RecordTV
Domingo Espetacular: Elba Ramalho fala da luta contra o câncer Imagem: Reprodução/RecordTV

Colaboração para Splash, em São Paulo

10/10/2021 20h44Atualizada em 10/10/2021 20h48

No mês de conscientização do câncer de mama, Elba Ramalho, que venceu a doença em 2010, irá estrelar campanha com a música "A cor é rosa", do cantor Silva, com a missão de incentivar as mulheres a buscarem a realização dos exames de rotina para evitar o diagnóstico tardio da doença.

Em entrevista ao "Domingo Espetacular", da RecordTV, a cantora contou que a notícia do câncer caiu como uma bomba em sua vida. Ela, no entanto, decidiu lutar para viver.

O câncer é quase uma condenação, uma sentença de morte. E como se o juiz dissesse 'está condenado'. Eu não entendi dessa maneira, eu não entendi, eu falei: 'eu vou lutar'.

Elba Ramalho realizou uma cirurgia na mama e não precisou passar por quimioterapia. "Quando saiu o resultado de tudo, tudo, tudo, [falaram:] 'tá fora da quimioterapia e vamos encarar uma radioterapia'. Eu disse: 'tranquilo, faço de boa'", lembrou.

A artista ressaltou que a cura da doença só foi possível graças ao diagnóstico precoce e o autoexame. "Eu não aceito mais é que as mulheres fiquem morrendo com câncer de mama por conta de medo, por conta de vergonha, você não pode ter vergonha de dizer 'eu estou com câncer'", alertou.

Alimentação saudável

Aos 70 anos, a artista mantém uma rotina de vida com uma alimentação balanceada para manter a saúde em dia. "Eu não como carne vermelha há 40 anos. Então, eu tenho uma força física da minha alimentação balanceada. Eu procuro muita alimentação crua, eu tomo suco verde duas vezes ao dia. Se deixar, o meu café da manhã é um ou dois copos de suco verde com maça, semente de girassol germinada, com couve e folhas poderosas", destacou, e confidenciou que gostaria de viver igual seu pai.

Eu não fico perturbada com os 70 anos. As pessoas apostam comigo que eu aumento ou invento idade. Tem uma questão genética assim minha de ter isso. Acho que meu pai era bem jovem e morreu com 90 e tantos dançando frevo. Espero chegar lá.

Mudança de rotina com a pandemia

Elba Ramalho e a neta - Reprodução/Instagram - Reprodução/Instagram
Elba Ramalho e a neta
Imagem: Reprodução/Instagram

Após 40 anos de uma vida de correria por todos os cantos do Brasil para a realização de shows, Elba Ramalho se viu obrigada a pausar a rotina de trabalho devido a pandemia da covid-19 e se diz feliz com a nova vida.

"A pandemia foi um grande desafio. Mudou a nossa vida, a nossa rotina. Eu pude ficar mais em casa, pude gostar mais minha da minha casa, apreciar o meu jardim. Tudo era muito corrido. Era 40 anos de estrada sendo tudo muito corrido. Olha, minha vida não era fácil e tô gostando mais dessa vida de agora", relatou.

Atualmente, a cantora está curtindo a fase de avó. Ela tem revivido a maternidade com a neta Esmeralda - do filho Luan, que é fruto do relacionamento com o ator Mauricio Mattar.

"Minha neta trouxe renovação. Ela triplicou o amor no meu coração. Ela traz esperança. Eu quis reviver essa maternidade e tô vivendo com a minha neta", finalizou.