PUBLICIDADE
Topo

Diretor de '007' diz que Bond de Connery era 'basicamente' um estuprador

Sean Connery em "007 contra Goldfinger" (1964) - Divulgação
Sean Connery em "007 contra Goldfinger" (1964) Imagem: Divulgação

De Splash, em São Paulo

23/09/2021 10h31

Cary Fukunaga, diretor de "007 - Sem Tempo para Morrer", afirmou que o icônico James Bond interpretado por Sean Connery "basicamente" cometeu um estupro.

Em entrevista ao The Hollywood Reporter, ele comentava algumas cenas de sexo questionáveis dos filmes clássicos dos anos 1960 quando se lembrou de uma passagem de um dos filmes da franquia.

É 'Thunderball' ['007 contra a Chantagem Atômica'] ou 'Goldfinger' ['007 contra Goldfinger'] onde, tipo, basicamente o personagem de Sean Connery estupra uma mulher? Ela fica tipo 'Não, não, não' e ele, 'Sim, sim, sim'. Isso não funcionaria hoje. disse o diretor

"007 - Sem Tempo para Morrer" marca a última atuação de Daniel Craig como James Bond, interpretado por ele desde 2005. Lashana Lynch herdará o título de "007".

Inicialmente prevista para chegar aos cinemas em abril do ano passado, a nova produção do famoso espião foi adiada várias vezes e agora tem estreia estimada para o final deste mês.