PUBLICIDADE
Topo

The Rock comenta briga com Diesel e descarta volta a 'Velozes e Furiosos'

Vin Diesel e Dwayne "The Rock" Johnson se desentenderam nos bastidores de "Velozes e Furiosos" - Reprodução
Vin Diesel e Dwayne "The Rock" Johnson se desentenderam nos bastidores de "Velozes e Furiosos" Imagem: Reprodução

Colaboração para o UOL

21/07/2021 17h58

O ator Dwayne Johnson, mais conhecido como The Rock, comentou as declarações recentes dadas por Vin Diesel sobre a relação conturbada entre os dois, que culminou com a saída do primeiro da franquia de filmes "Velozes e Furiosos".

Em entrevista ao The Hollywood Reporter, The Rock riu ao ser questionado sobre o que achou do comentário feito por Vin, desejou sorte aos seus ex-colegas de franquia, mas descartou a possibilidade de retornar ao elenco dos filmes protagonizados por Diesel.

"Acho que todos riram disso. E vou deixar por isso mesmo. Desejo boa sorte a eles. Desejo felicidades no 'Velozes e Furiosos 9'. E desejo boa sorte no 10, 11 e no resto dos filmes 'Velozes e Furiosos' que eles fizerem será sem mim", destacou o famoso.

Vin Diesel esclareceu desentendimento com The Rock

No mês passado, em entrevista para a Men's Health, Vin Diesel, que é protagonista e produtor da franquia "Velozes e Furiosos", falou sobre o desentendimento entre ele e The Rock, motivado por visões diferentes sobre a composição do personagem interpretado por Dwayne nos filmes, Hobbs.

"Minha abordagem na época era de bastante amor bruto para auxiliá-lo a conseguir a performance do jeito que precisava. Como produtor, era dizer: 'ok, vamos pegar o Dwayne Johnson, que está associado com lutas, e vamos forçar este mundo cinematográfico, esta audiência, a ver o seu personagem como alguém que eles não conhecem'", contou Diesel.

"Hobbs bate em você feito uma tonelada de tijolos. Isso é algo do qual me orgulho, aquela estética. Aquilo precisou de muito trabalho. Tivemos que chegar lá e, às vezes, naquela época, eu podia dar um monte de amor bruto. Não de uma forma 'Felinnesca'", continuou, referindo-se ao diretor italiano Federico Fellini. "Mas eu faria qualquer coisa que precisasse para conseguir as performances em qualquer coisa que estivesse produzindo", completou.