PUBLICIDADE
Topo

Mark Evans, pai da cantora Adele, morre de câncer aos 57 anos

Adele e seu pai, Mark Evans - Reprodução
Adele e seu pai, Mark Evans Imagem: Reprodução

Colaboração para o Splash, em São Paulo

11/05/2021 06h39Atualizada em 11/05/2021 06h40

Mark Evans, pai da cantora britânica Adele, morreu aos 57 anos, de acordo com várias fontes do Reino Unido. Ele, que estava afastado da filha famosa há anos, lutou contra um câncer, mas não resistiu.

Uma fonte ligada à família da artista disse que a família de Mark está consternada com o falecimento de Mark. "A família de Mark está, é claro, muito chateada com a morte dele. Ele sempre esperava que as coisas se acertassem com Adele, mas (a relação) permaneceu amarga até o fim. Ele fez algumas tentativas para consertar as coisas, mas claramente fazia muito tempo", disse o informante ao "The Sun".

Mark abandonou a mãe de Adele, Penny Adkins, e a filha com então três anos de idade. Em uma entrevista, a cantora comentou sobre sua relação paterna. "Eu não o odeio - ele é meu pai". Em 2013, ele revelou sofrer de câncer no intestino e afirmou que tinha medo de não conhecer seu neto, Angelo, da relação da cantora com o empresário Simon Konecki.

Em entrevistas posteriores, Mark disse que o terceirp álbum de Adele, "25", seria a prova de que eles haviam se resolvido, o que ela negou durante seu discurso no Grammy, em 2017. "Obrigada ao meu empresário porque o retorno, por assim dizer, foi totalmente planejado por ele. E você executou de forma incrível, e eu devo tudo a você", disse ela na ocasião.

"Estamos juntos há dez anos e eu te amo como se você fosse meu pai. Eu te amo tanto. Eu não amo meu pai, é isso. Isso não significa muito. Eu te amo como amaria meu pai", prosseguiu ela.