PUBLICIDADE
Topo

Aposentada, Piccinini brilhou como modelo e teve affair polêmico com cantor

Piccinini foi campeã do mundo pela Itália
Piccinini foi campeã do mundo pela Itália
FIVB/Divulgação

De Splash, em São Paulo

16/04/2021 04h00

Francesca Piccinini fez história pelas quadras de vôlei, inclusive no Brasil, e foi campeã do mundo pela Itália. Aos 42 anos, ela anunciou a aposentadoria do esporte ontem. Mas sua trajetória, quando ainda era atleta, pode ser um norte do caminho a seguir: a moda.

Continua depois da publicidade

Foi mostrando todo seu talento como modelo que a italiana chegou à capa de algumas revistas, como a Men's Health, em 2004, ou a Playboy, em 2011.

Reprodução/Playboy - Reprodução/Playboy
Imagem: Reprodução/Playboy

Piccinini chegou a falar, depois do ensaio nua, que era mais fácil ser jogadora de vôlei do que encarar as lentes sem roupa. Mesmo assim, orgulhosa do resultado, disse que mostraria para o filho a revista para que ele pudesse ver como sua mãe era bonita.

Em 2014, durante outro trabalho como modelo, agora em um ensaio para a marca Liu Jo, Piccinini levantou a hipótese de seguir a carreira como estilista depois de ter colaborado na fase criativa da campanha.

Não me importaria de pensar nessa possibilidade no futuro também.

Continua depois da publicidade

Outro ramo que Piccinini se arriscou, mas sem muito êxito, foi o cinema. Ela participou, como ela mesma, do filme italiano "Femmine contro Maschi" (Mulheres contra Homens, em tradução livre), em 2011.

Polêmica na música

Sua carreira também foi marcada por uma polêmica com a modelo Elenoire Casalegno. Piccinini foi acusada de roubar dois namorados de Casalegno: o DJ Ringo e o cantor Osmar Pedrini.

Eu não roubei homem de ninguém. Eles estavam lá... isso é errado? Ultimamente, sei que Casalegno me odeia, mas não entendo o motivo.
Piccinini