PUBLICIDADE
Topo

UOL Vê TV #71: 'BBB 21' está normal, nós é que viciamos em fortes emoções

Colaboração para Splash, em São Paulo

13/04/2021 16h48

O "BBB 21" ficou desinteressante? Este é um dos assuntos do podcast UOL Vê TV #71, com Aline Ramos, Chico Barney, Débora Miranda e Mauricio Stycer.

Continua depois da publicidade
Reprodução/Globoplay - Reprodução/Globoplay
Imagem: Reprodução/Globoplay

"Toda edição do BBB tem fases. Tem a coisa do primeiro mês, quando todos estão se conhecendo, no segundo começam as tretas... Muita gente fala que o BBB ficou parado e cansativo, mas na verdade ele ficou normal", avalia Aline.

O 'BBB' está em seu estado normal, o problema é que a gente ficou viciado em fortes emoções
Aline Ramos

"Para mim, a última semana foi um alívio", completa a colunista do UOL. "Rodolffo foi eliminado e a história do racismo foi embora junto com ele. Se ele continuasse a gente não ia ter paz."

O início do 'BBB 21' foi algo excepcional, nunca houve uma edição que tenha começado nesse ritmo. Foi algo fora da curva
Mauricio Stycer
Continua depois da publicidade

"O começo teve muita gente ao mesmo tempo querendo falar muito e fazer muita coisa. Evidentemente isso passou. As pessoas foram se ejetando do programa. Vejo como fenômeno excepcional do início, mas agora está normal", diz Stycer.

Reprodução/Globo - Reprodução/Globo
Imagem: Reprodução/Globo

"Quando não tem violência, abuso, racismo, é legal gostar dos imperfeitos sem culpa. O BBB permite gostar de quem está tramando, de quem está causando. Está num momento legal do jogo", opina Débora.

Aqui é 'quem eu vou ferrar?' Agora não tem questionamento moral e isso deixa o jogo mais divertido
Chico Barney

Os podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts e em todas as plataformas de distribuição de áudio. Você pode ouvir UOL Vê TV, por exemplo, no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts, Amazon Music e Youtube —neste último, a transmissão com vídeo ao vivo é às terças-feiras, às 13h.

UOL Vê TV
1 | 16