PUBLICIDADE
Topo

Nudez, baile, 'pázada': as cenas mais difíceis de 'Cidade de Deus'

Liv Brandão

De Splash, em São Paulo

04/10/2020 04h00

Durante o "Oi, Sumido: Cidade de Deus", a apresentadora Liv Brandão perguntou a Alexandre Rodrigues, o Buscapé, Leandro Firmino, o Zé Pequeno, e a Renato de Souza, o Marreco, quais foram as cenas mais difíceis de rodar. Até então, nenhum deles havia trabalhado como ator, afinal.

Para Alexandre Rodrigues, o protagonista Buscapé, o que pegou foi o medo de aparecer como veio ao mundo na frente das câmeras:

Acho que foi a cena da repórter, achei que iam mostrar a 'desvirginização' do Buscapé e fiquei desesperado. Fiquei muito tenso, achei que ia ficar peladão, estava acostumado com o cinema nacional até aquela época, quando todo mundo ficava peladão! Não sei se o Fernando percebeu...

Fernando, o Meirelles, diretor do longa, não só percebeu como revelou 18 anos depois da estreia que foi tudo proposital.

Nesse dia eu não tentei aliviar para você, queria que você ficasse tenso porque o Buscapé tinha que estar em pânico com aquele mulherão de 35 anos.

Bom, funcionou, né?

Já Leandro Firmino citou, claro, a violentíssima cena em que seu personagem, o vilão Zé Pequeno, obriga uma criança a atirar em outra. Mas ele mesmo achou mais difícil filmar a cena do baile.

O Zé Pequeno estava tenso, angustiado porque o melhor amigo dele ia embora, e todo o resto estava em clima de baile. Fora que na época eu não tinha namorada e tinha muitas meninas lindas ali fazendo figuração, não podia perder o foco, o objetivo.

Já Renato, o Marreco, juntou o medo da nudez com a violência extrema e citou a cena em que ele é flagrado transando com a mulher do Ceará.

O Fernando falou que eu ia fazer a cena pelado, e eu precisava pular a janela em um tempo só, senão a pá do Ceará ia chegar nas minhas costas. E era tudo tão natural e realista que eu fiquei com medo de tomar uma 'pázada'. Daí eu pulei e voltei de novo e o Fernando: 'tá maluco, cara? A gente tá gravando!' e eu 'mas tá cheio de gente me olhando ali pelado!' e ele disse 'todo mundo no mundo vai ver essa bunda e você tá se importando com meia dúzia de gente?'. Aí relaxei, se pudesse ainda dançava o chá-chá-chá".

Fernando Meirelles participou do programa de nostalgia de Splash e MOV ao lado dos atores Alexandre Rodrigues (o Buscapé), Leandro Firmino (o Zé Pequeno) e Renato de Souza (o Marreco). O "Oi, Sumido" tem apresentação de Liv Brandão e Roberto Sadovski. Além de homenagear "Cidade de Deus", a dupla já recebeu os ex-VJs da MTV, o elenco da primeira temporada de "Malhação" e a turma do "Castelo Rá-Tim-Bum".

Veja a íntegra do 'Oi, Sumido: Cidade de Deus'