PUBLICIDADE
Topo

Prior é denunciado por estupro: o que dizem os envolvidos?

Felipe Prior
Felipe Prior
Reprodução/Instagram

Mari Monts

De Splash, em São Paulo

02/10/2020 16h31

O Tribunal de Justiça de São Paulo acatou uma acusação de estupro contra o ex-BBB Felipe Prior. Hoje, Splash conversou com os representantes do arquiteto e também das mulheres que o acusam.

Para quem se esqueceu do caso ou está por fora do assunto, as acusações contra o ex-BBB se tornaram públicas em abril deste ano, depois de sua participação no reality show da Globo. O Ministério Público então decidiu por denunciar Prior pelo crime em agosto, mas a Justiça só acatou ontem.

Continua depois da publicidade

Em nota, os advogados de Prior dizem que confiam que o Poder Judiciário concluirá pela inocência do ex-BBB e afastará as acusações que, segundo eles, são infundadas.

As provas coletadas ao longo do inquérito demonstraram que ele não cometeu qualquer crime.

A advogada Maira Pinheiro, representante das quatro mulheres que acusam Prior, acredita que o reconhecimento da denúncia pela Justiça é o primeiro passo para a responsabilização do crime.

Um dos crimes mais graves e cruéis previstos em nossa legislação.

Para ela, os elementos colhidos na investigação podem levar a condenação do ex-BBB.

Continua depois da publicidade

A Defesa confia que as acusações serão novamente demonstradas, agora perante a autoridade judicial, permitindo a condenação.

Agora como réu, Prior será julgado em 10 de maio de 2021. A decisão foi do juiz Luiz Guilherme Angeli Feichteinberger, da 7ª Vara Criminal, que acatou denúncia apresentada pelo Ministério Público.