PUBLICIDADE
Topo

Chega, né? Selena Gomez cansou de ser vista apenas como ferida e triste

Cantora e atriz Selena Gomez em estreia do filme "Dolittle" em Los Angeles
Cantora e atriz Selena Gomez em estreia do filme "Dolittle" em Los Angeles
MARIO ANZUONI

De Splash, São Paulo

24/09/2020 17h42

Selena Gomez está fazendo questão de deixar claro que o turbilhão de emoções de "Rare" — seu último disco — ficou para trás.

Em entrevista à Rolling Stone, a cantora de 28 anos afirmou que quer que as pessoas compreendam a gravidade de tudo o que ela viveu — incluindo a luta contra o Lúpus —, mas sem deixar ignorar o fato de que essa fase de sofrimento já passou.

Continua depois da publicidade

Eu queria que as pessoas captassem que isso foi uma jornada e que ela já se encerrou. Eu não quero ser vista apenas como ferida e triste.

No entanto, Selena reconhece que mergulhar de cabeça na sua própria trajetória para fazer "Rare" — especialmente o hit "Lose You To Love Me" foi um passo importante para que ela pudesse retomar a autoconfiança.

Pareceu real, muito forte e eu estava muito feliz por isso. Acredito que ao me envolver mais do que nunca eu me empoderei completamente.

Continua depois da publicidade

Mas, tudo isso passou, né?