PUBLICIDADE
Topo

Mauricio Stycer

ANÁLISE

Texto baseado no relato de acontecimentos, mas contextualizado a partir do conhecimento do jornalista sobre o tema; pode incluir interpretações do jornalista sobre os fatos.

Leifert omite rejeição e elogia Viih Tube por "jogo interno brilhante"

BBB 21: Tiago Leifert em noite de eliminação, prova do líder e formação de paredão - Reprodução/Globo
BBB 21: Tiago Leifert em noite de eliminação, prova do líder e formação de paredão Imagem: Reprodução/Globo
Mauricio Stycer

Mauricio Stycer é jornalista desde 1985. Repórter e crítico do UOL, colunista da Folha de S.Paulo, passou por Jornal do Brasil, Estadão, Folha, Lance!, Época, CartaCapital, Glamurama Editora e iG. É autor de "Topa Tudo por Dinheiro - As muitas faces do empresário Silvio Santos" (editora Todavia, 2018).

Colunista do UOL

26/04/2021 00h31

Com 96,69% dos votos, a terceira maior rejeição em 21 edições do "BBB", Viih Tube foi classificada por Tiago Leifert como uma jogadora "brilhante". Como isso é possível?

O apresentador desenvolveu a teoria de que todo participante pratica dois tipos de jogo dentro do "BBB": o interno e o externo.

"O interno é aquele que te livra de ir ao paredão. O externo é o que te salva uma vez que você está no paredão. É extremamente raro, muito difícil, dominar os dois, ir bem nos dois. Geralmente, quando você vai muito bem num, vai muito mal no outro", ensinou Leifert.

"Se o jogo interno for brilhante, é impossível ganhar, porque o jogo externo fica abandonado. Não dá nunca para esquecer que vocês estão sendo observados o tempo inteiro", continuou.

Leifert não disse que o jogo "brilhante" de Viih Tube se tornou uma atração do "BBB", motivo de risos do público e da própria equipe que faz o reality. Tanto o apresentador quanto o diretor Boninho fizeram piadas sobre a forma da youtuber participar do programa.

A forma de evitar a rejeição provocada pelo jogo interno, ensinou Leifert, é encontrar formas de dialogar com o público ao longo do programa, seja com gestos, falando sozinho, no raio-X ou no momento de votar no confessionário. E apontou uma atitude que Viih Tube não teve durante o "BBB 21":

"Se você for ao paredão, tenha certeza de que tudo que você fez você combinou direitinho com quem estava aqui fora. O público gosta de brincar também. Mas o público precisa fazer parte da sua brincadeira também. Você precisa sempre conversar, contar porque você está fazendo o que você está fazendo", ensinou o apresentador.

Ao recebê-la, Leifert evitou dar a notícia da rejeição gigantesca, e a parabenizou: "Você foi brilhante no jogo interno: até esse paredão, você tinha escapado de todos, nunca tinha sido indicada pelo líder, e dentro do confessionário, até esse paredão, você tinha tomado um total de dois votos e era recordista absoluta de votos no queridômetro. No relacionamento lá dentro, você foi muito bem."

Viih Tube foi a 13ª eliminada em um jogo com 20 participantes. É correto chamar de "brilhante" uma jogadora nesta posição? Acho exagerado.

Ser brilhante no "jogo interno" é ótimo para o entretenimento, mas nem sempre é algo positivo para o participante. Viih Tube sai do "BBB" enxergada como uma pessoa falsa, bajuladora e interesseira. Cabe a ela convencer o público e os seus fãs que estas atitudes foram "jogo interno" e não um traço de personalidade.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL