PUBLICIDADE
Topo

Mauricio Stycer

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Globo faz aposta arriscada com reprise de Salve-se Quem Puder

Mauricio Stycer

Mauricio Stycer é jornalista desde 1985. Repórter e crítico do UOL, colunista da Folha de S.Paulo, passou por Jornal do Brasil, Estadão, Folha, Lance!, Época, CartaCapital, Glamurama Editora e iG. É autor de "Topa Tudo por Dinheiro - As muitas faces do empresário Silvio Santos" (editora Todavia, 2018).

Colunista do UOL

22/02/2021 13h29

A Globo está anunciando para março a volta das duas novelas que foram suspensas, há um ano, por causa da pandemia de coronavírus. É uma boa notícia, mas mostra que os impactos da crise sanitária continuam a fazer estragos na programação.

"Amor de Mãe" retorna no dia 1º de março, segunda-feira. Vão ser duas semanas de resumos do que aconteceu, exibidos junto com "A Força do Querer". No dia 15, começa a exibição dos 23 capítulos inéditos. Vai durar pouco a alegria. Em 9 de abril, a novela de Manuela Dias termina.

No total, serão 125 capítulos, 30 a menos que a média das últimas novelas. Ainda assim, é positivo. Sabemos que foi uma operação de guerra terminar a gravação da novela e o público estava ansioso por um desfecho. Depois de "Amor de Mãe" deve estrear "Um Lugar ao Sol", de Licia Manzo.

Mais problemática, na minha opinião, é a situação de "Salve-se Quem Puder". A novela de Daniel Ortiz estreou em 27 de janeiro de 2020 e foi suspensa em 28 de março. No total, foram exibidos 54 capítulos.

Pois bem, agora em março, a Globo vai voltar com a novela. Mas antes de começar a exibir capítulos inéditos, vai reprisar integralmente os 54 capítulos exibidos no ano passado. Por quê? A emissora me respondeu:

"Para acomodar e combinar da melhor forma possível todo o calendário de estreias de novelas do ano", disse. "E também porque se entendeu que a obra, que estava mais no início, pedia uma recapitulação maior para que o público pudesse rememorar as tramas e personagens".

A Globo está apostando no ótimo desempenho que "Salve-se Quem Puder" teve no ano passado. A novela bem bobinha, na minha opinião, registrou média geral de 28,8 pontos nestes 54 capítulos, mesmo desempenho de sua antecessora, o fenômeno "Bom Sucesso" (2019). Sendo que a novela de Rosane Svartman e Paulo Halm teve a melhor audiência de uma novela das 7 desde 2012.

A questão é: o público vai querer rever 54 capítulos de uma novela apenas um ano depois que ela foi exibida? Esta é a grande aposta da emissora. Tudo é possível. Vamos ver.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL