PUBLICIDADE
Topo

Mauricio Stycer

'Vou pagar o resto da minha vida por uma falha?', perguntou Vannucci

O apresentador Fernando Vanucci - Divulgação/Rede TV!
O apresentador Fernando Vanucci Imagem: Divulgação/Rede TV!
Mauricio Stycer

Mauricio Stycer é jornalista desde 1985. Repórter e crítico do UOL, colunista da Folha de S.Paulo, passou por Jornal do Brasil, Estadão, Folha, Lance!, Época, CartaCapital, Glamurama Editora e iG. É autor de "Topa Tudo por Dinheiro - As muitas faces do empresário Silvio Santos" (editora Todavia, 2018).

Colunista do UOL

24/11/2020 16h55Atualizada em 24/11/2020 19h29

Apresentador e comentarista esportivo, Fernando Vannucci morreu nesta terça-feira (24) aos 69 anos. Com passagens por Globo, Bandeirantes, Record e RedeTV!, ele ficou tristemente marcado por um acidente - uma gravação, em 2006, em que aparentou estar sob efeito de bebida alcoólica. Muitos anos depois, ele ainda perguntava: "Eu vou ter que pagar o resto da minha vida por uma falha?"

Foi no dia 9 de julho de 2006, dia da final da Copa do Mundo, vencida pela Itália. Segundo relatou posteriormente, ele bebeu duas ou três taças de vinho no almoço, naquele dia, mas teve uma discussão familiar que o deixou muito abalado. Por isso, tomou dois comprimidos de Lexotan, para tentar relaxar.

Ao fazer o comentário no programa "Bola na Rede", deixou transparecer que não estava em bom estado. Num momento que pareceu cômico, ele disse: "A África do Sul é logo ali", referindo-se à próxima Copa, que ocorreria em 2010.

Atormentado por ver o seu nome associado à palavra "bêbado", Vannucci lamentava que a RedeTV! não tenha sido muito efetiva no esforço de derrubar cópias do vídeo que proliferaram na internet. Mas era grato à emissora por ter continuado lá por alguns anos ainda após o incidente.

Em abril de 2014, convidado de Geraldo Luis, no "Domingo Show", Vannucci deu este depoimento emocionante e triste sobre o episódio:

"Trabalhei 26 anos na TV Globo, depois mais oito, nove anos na RedeTV!. Antes, quatro anos na Bandeirantes. Eu vou ter que pagar o resto da minha vida por uma falha? Eu falhei. Eu não deveria ter acalorado a discussão, eu não deveria ter tomado três taças de vinho, uma ou meia estava ótimo. Eu não deveria ter tomado os ansiolíticos. Então, errei. Errei sim. Agora, eu vou pagar o resto da vida por isso? E o que eu fiz antes, nada valeu? Nada foi importante? Tudo isso foi esquecido? Meu Deus, eu não tenho mais nada pra dizer."

Em junho de 2018, Vannucci deu um depoimento ao UOL sobre o mesmo episódio:

Siga a coluna no Facebook , no Twitter e no Instagram.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL