PUBLICIDADE
Topo

Mauricio Stycer

Ao admitir que Biel burlou regras, A Fazenda agrada público e anunciantes

A Fazenda 2020: O apresentador Marcos Mion entrou ao vivo na tarde de quarta-feira para comunicar o cancelamento do poder dado a Biel - Reprodução/Playplus
A Fazenda 2020: O apresentador Marcos Mion entrou ao vivo na tarde de quarta-feira para comunicar o cancelamento do poder dado a Biel Imagem: Reprodução/Playplus
Mauricio Stycer

Mauricio Stycer é jornalista desde 1985. Repórter e crítico do UOL, colunista da Folha de S.Paulo, passou por Jornal do Brasil, Estadão, Folha, Lance!, Época, CartaCapital, Glamurama Editora e iG. É autor de "Topa Tudo por Dinheiro - As muitas faces do empresário Silvio Santos" (editora Todavia, 2018).

Colunista do UOL

28/10/2020 15h36

Num gesto pouco comum, a direção da "Fazenda" optou pela transparência e anunciou na tarde desta quarta-feira (28) o cancelamento do poder da chama concedido a Biel. Como todo mundo havia visto na transmissão ao vivo, terça-feira (27) à noite, o cantor burlou uma regra do reality show e transmitiu informações sobre o seu poder.

Ainda durante o programa, percebendo a revolta de muitos espectadores nas redes sociais, o apresentador Marcos Mion leu um texto dizendo que Biel não havia cometido nenhuma infração. A mensagem transmitiu desprezo pelo público, gerando uma péssima repercussão.

Batendo seguidos recordes de audiência e ampliando a olhos vistos o faturamento comercial do programa com novos clientes, a Record se deu conta de que precisava passar uma outra mensagem, menos arrogante do que a exibida na véspera. No episódio desta terça-feira, inclusive, a emissora festejou publicamente que um banco se tornou um dos patrocinadores do programa.

Apesar de sabermos que engajamento em redes não resulta necessariamente em audiência, ignorar esse barulho não é bom para ninguém. Não é por acaso que quase toda noite ao vivo Mion destaca que o programa está em destaque nos principais assuntos do Twitter.

A decisão foi comunicada aos peões numa entrada ao vivo do apresentador. Assinantes do serviço 24 horas do canal, o Play Plus, foram avisados com antecedência que Mion iria falar com os peões.

A transparência incluiu o reconhecimento de que a direção do programa não captou, no calor dos acontecimentos, o que havia acontecido exatamente. Apesar da demora - cerca de 14 horas - a decisão foi a mais correta. E mostra maturidade.

A Fazenda: Quem deve sair da roça e virar o fazendeiro da semana?

Enquete encerrada

Total de 6503 votos
45,16%
Divulgação/RecordTV
37,09%
Reprodução/RecordTV
17,75%
Divulgação/RecordTV
Total de 6503 votos

Valide seu voto

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL