PUBLICIDADE
Topo

Leandro Carneiro

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Pyong transpira arrogância na 'Ilha' e repete soberba que o tirou do 'BBB'

Pyong Lee debocha de Claudinho em "Ilha Record" - Reprodução/Record
Pyong Lee debocha de Claudinho em 'Ilha Record' Imagem: Reprodução/Record
Conteúdo exclusivo para assinantes
Leandro Carneiro

Editor de Splash, viciado por qualquer tipo de reality show, inclusive aqueles que os famosos vivem na vida real. Jornalista há mais de 10 anos e palpiteiro desde sempre. Se o assunto for esporte entro em campo também.

Colunista do UOL

10/08/2021 09h46

Há pouco mais de um ano, Pyong Lee foi eliminado "BBB 20" por ter exagerado na soberba. Agora, em um novo reality show, o ilusionista mostra que não aprendeu nada com a arrogância tão criticada na Globo.

O ilusionista continua sendo o mesmo no "Ilha Record". Irrita os adversários, mostra que tem zero espíritos esportivo e debocha de quem é derrotado. A postura é idêntica a da casa mais vigiada da TV.

Na Globo, Pyong teve como principal adversário Felipe Prior. A bola da vez é Claudinho. Sua passagem no "BBB" foi marcada por muito deboche tanto que pediu para enfrentar Babu no paredão e acabou eliminado, em uma comemoração histórica de Prior.

"O Babu é fraco", dizia Pyong dias antes de ser eliminado. Errou e corre o mesmo risco agora.

Pyong acha que pode sambar na cara de todos os adversários. Vence uma prova e fica provocando os rivais como uma criança de 12 anos faria. E isso irrita, afinal, todos os participantes reclamaram dele.

"A gente não comemorava debochando dos adversários. Muito agressivo, muito arrogante", disse Nanah. "Ele é debochado para car***", reforçou MC Negão da BL.

"Eu fico meio p*** com seus discursos, você exagera um pouco. Passa um pouco, muito arrogante. Você precisa maneirar seus discursos", explicou Laura Neiva.

Claudinho é o grande rival de Pyong da vez. Mas o participante acredita que a postura arrogante do ilusionista é apenas um "personagem". Ainda que seja, fica cansativo e é chato.

A arrogância de Pyong no programa de ontem fez com que ele questionasse até Any Borges e seu poder de liderança. Para o ilusionista, essa missão precisava ser de um homem.

"Any fica nervosa nas provas. Eu acreditava que a Any ia delegar para o Claudinho. Mesmo sendo comandante, eu achei que Claudinho ia coordenar", falou.

A vantagem de Pyong é que esse programa não é decidido por voto popular. Se fosse, seria eliminado mais uma vez. Só resta a torcida para ele ser eliminado, de preferência por Any.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL