PUBLICIDADE
Topo

De coroa da realeza a sequestro: conheça histórias curiosas de Aparecida

A Basílica é um dos maiores pontos turísticos religiosos do país - Rivaldo Gomes/Folhapress
A Basílica é um dos maiores pontos turísticos religiosos do país Imagem: Rivaldo Gomes/Folhapress

Do UOL, em São Paulo

09/10/2015 20h12

Todos os anos, milhões de romeiros vão até a cidade de Aparecida visitar um dos maiores templos católico do mundo: o Santuário de Nossa Senhora Aparecida, considerado a ‘casa’ da padroeira do Brasil. Localizado a 188km de São Paulo, ele recebe visitantes vindos de todo o país, além do exterior, que procuram o local para orar pela santa, cuja imagem fica exposta em um retábulo de 37 metros de altura no interior da Basílica.

Lá, são realizadas celebrações eucarísticas que chegam a reunir 30 mil devotos em torno do altar central. Já nas celebrações externas, a capacidade é para 300 mil. Receber tantos peregrinos é possível apenas porque o local possui um dos maiores estacionamentos da América Latina, com 285 mil metros quadrados de extensão e capacidade para dois mil ônibus e três mil carros de passeio, além de receber motos, bicicletas e motorhomes. 

Às vésperas do feriado de 12 de outubro, considerado o dia oficial dela no país, o UOL Viagem separou alguns fatos e curiosidades sobre a cidade paulista. Confira!

26.jun.2013 - Réplica fiel da imagem de Nossa Senhora Aparecida. Imagem similar, esculpida em madeira e com pedestal de prata, será entregue ao papa Francisco durante sua visita à Aparecida, no interior de São Paulo - Denis Armelini/UOL - Denis Armelini/UOL
Imagem: Denis Armelini/UOL

Primeiro milagre
Tudo começou no longínquo ano de 1717, quando a população de Guaratinguetá (SP) precisou organizar uma festa para receber a comitiva do governador da capitania. Mesmo não sendo um período propício, três pescadores foram para o rio Paraíba do Sul atrás de peixes com o intuito de servir os ilustres visitantes. Após diversas tentativas, todas sem sucesso, eles oraram pedindo ajuda para a mãe de Deus e, logo, a rede de pesca voltou com uma imagem de Nossa Senhora da Conceição quebrada. A cabeça apareceu na tentativa seguinte, quando a rede foi jogada em outro ponto, e se encaixou perfeitamente no corpo da estátua. Então, milagrosamente, os peixes passaram a surgir de forma abundante.

12.out.2013 - Imagem de Nossa Senhora Aparecida é erguida durante missa em sua homenagem, na Basília da santa, na cidade de Aparecida, interior do São Paulo, neste sábado (12), durante as celebrações do dia da padroeira do Brasil - Vinícios Pereira/Folhapress - Vinícios Pereira/Folhapress
Imagem: Vinícios Pereira/Folhapress

Bênçãos e mais bênçãos
Após o episódio do barco, a imagem passou 15 anos na casa de um dos pescadores, Filipe Pedroso. Ali, os amigos e vizinhos se encontravam para rezar e agradecer as graças alcançadas com a ajuda da virgem 'aparecida'. E elas começavam a se multiplicar: velas apagavam e acendiam de repente durante as novenas, um escravo acabou liberto após suas correntes se quebrarem enquanto ele rezava para Nossa Senhora e um cavaleiro, que passava pela região e zombou da fé dos romeiros tentando entrar com o cavalo na igreja para destruir a imagem, teve as patas do animal presas na escadaria.

12.out.2013 - Imagem de Nossa Senhora Aparecida é carregada pelas ruas da cidade que leva o nome da santa, durante procissão que marca as celebrações do dia da padroeira do Brasil, neste sábado (12) - Thiago Leon/Santuário Nacional - Thiago Leon/Santuário Nacional
Imagem: Thiago Leon/Santuário Nacional

Família real
Em 1745, foi construída uma capela de taipa e pilão dedicada a santa no morro dos Coqueiros, atual Praça Nossa Senhora Aparecida. O imperador Dom Pedro I, juntamente com uma grande comitiva, fez uma visita a capela em 20 de abril de 1822 com o intuito de homenagear a imagem milagrosa. Também passaram por lá Dom Pedro II (em 1865) e a princesa Isabel (em 1868), que doou uma coroa de ouro para a imagem. O local acolheu os fiéis durante 145 anos, até 1888.

A Basílica Velha (de 1745) hoje é mais um atrativo religioso da região de Aparecida, em São Paulo - Eduardo Vessoni/UOL - Eduardo Vessoni/UOL
Imagem: Eduardo Vessoni/UOL

Mais espaço
Como a quantidade de pessoas visitando a imagem aumentava cada vez mais, deu-se início a construção da igreja que hoje é conhecida popularmente como a Basílica Velha (foto), inaugurada em 24 de julho de 1888. O local, construído no estilo barroco, foi tombado em 8 de abril de 1982, por seu valor histórico, religioso e arquitetônico. Atualmente, diversos fiéis costumam pagar promessa andando de joelhos pela Passarela da Fé, trajeto que liga a nova matriz com a antiga e mede 389m.

12.out.2013 - Fiéis chegam ao Santuário Nacional, em Aparecida (SP), neste sábado (12), para comemorar o Dia de Nossa Senhora Aparecida. O Papa Francisco deve enviar uma mensagem aos fiéis por um telão no local, às 14h de Brasília - Thiago Leon/Santuário Nacional - Thiago Leon/Santuário Nacional
Imagem: Thiago Leon/Santuário Nacional

Festa em dezembro
Inicialmente, a celebração da Festa de Nossa Senhora era feita no dia da imaculada Conceição (08/12). Depois, passou para o 5º domingo após a Páscoa, 1º domingo de maio (mês de Maria) e 7 de setembro (Dia da Pátria). Por fim, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), em sua assembleia geral em 1953, determinou que fosse celebrada definitivamente no dia 12 de outubro, por ser a data de descobrimento da América, a comemoração do Dia da Criança, e mês de outubro, quando foi encontrada a imagem no rio Paraíba do Sul.
 
Imagem de nossa senhora aparecida sofreu atentado em 1978 - Montagem/Reprodução Youtube - Montagem/Reprodução Youtube
Imagem: Montagem/Reprodução Youtube
 
"200 pedaços"
No dia 16 de maio de 1978, um rapaz de 19 anos, chamado Rogério Marcos de Oliveira, quebrou o vidro do local em que se encontrava a verdadeira imagem de Nossa Senhora Aparecida, na Basílica Velha, e tentou levá-la. Na fuga, ela foi ao chão, se despedaçando em cerca de 200 pedaços. As peças foram levadas para o Masp (Museu de Arte de São Paulo) e a artista plástica Maria Helena Chartuni, ex-diretora da instituição, restaurou tudo em 33 dias. No entanto, o antigo reitor do Santuário, padre Izidro, não gostou do resultado - ele queria que a estátua ficasse mais clara - e 'sequestrou' a santa, clareando-a com tinta para carro, o que exigiu uma nova restauração. 
 
Construção da Basílica Nova, em Aparecida - Reprodução/Youtube - Reprodução/Youtube
Imagem: Reprodução/Youtube

Nova casa
A transladação da Imagem da Basílica Velha para a Basílica Nova aconteceu em 3 de outubro de 1982, quando as atividades religiosas no Santuário passaram a ser realizadas de forma definitiva no novo local. As obras tiveram início 39 anos antes, em 10 de setembro de 1946, quando foi lançada a sua pedra fundamental, no local conhecido por Morro das Pitas. Desde o início, a construção é mantida com doações dos devotos. No entanto, a estrutura metálica da Torre Brasília e a construção da Passarela da Fé foram patrocinadas pelo Governo Federal, através dos Presidentes Juscelino Kubitschek e Emílio Medici.

16.abr.2014 - Papa Francisco beija santa durante missa na Basília de Aparecida, em Aparecida (SP), durante Jornada Mundial da Juventude, em 24 de julho de 2013. A imagem faz parte da mostra fotográfica FotoRetrospectiva 2013, que ocupará o saguão do Conjunto Nacional, na avenida Paulista, região central de São Paulo, desta quarta-feira (16) a 10 de maio. A exposição integra o concurso organizado pela Arfoc (Associação dos Repórteres Fotográficos e Cinematográficos no Estado de São Paulo), em parceria com a Canon do Brasil. São ao todo 80 fotografias de 63 profissionais - Eliária Andrade/Agência O Globo - Eliária Andrade/Agência O Globo
Imagem: Eliária Andrade/Agência O Globo

Visitantes ilustres
O Santuário nacional já recebeu três Papas: João Paulo II, em 1980, quando concedeu o título de Basílica Menor para o local; Papa Bento XVI, em maio de 2007, quando abriu a V Conferência Geral do Episcopado Latinoamericana e do Caribe; além do Papa Francisco, em 24 de julho de 2013, durante a Jornada Mundial da Juventude.

A Sala das Promessas é um dos lugares mais impressionantes de todo o Santuário - Eduardo Vessoni/UOL - Eduardo Vessoni/UOL
Imagem: Eduardo Vessoni/UOL

Orar e agradecer
Um dos ambientes mais impressionantes de todo o Santuário é a Sala das promessas. Reúne objetos, agradecimentos, fotos e doações espalhados em uma área de 1300 m². Vale uma visita mais demorada para leitura de cartas deixadas por pessoas que, por exemplo, conseguiram largar vícios ou conquistaram bens materiais. Além de conhecer o Santuário, o visitante tem outras opções de turismo em Aparecida. Os bondinhos aéreos, por exemplo, foram inaugurados em junho de 2014 e contam com 47 cabines, que levam seis pessoas por vez em um passeio aéreo por um trecho de 1170m sobre a cidade e a rodovia Presidente Dutra. 

12.out.2013 - Devotos de Nossa Senhora Aparecida acendem velas na Basílica da santa, na cidade de Aparecida, interior do São Paulo, durante as celebrações do dia da padroeira do Brasil - Vinícios Pereira/Folhapress - Vinícios Pereira/Folhapress
Imagem: Vinícios Pereira/Folhapress

Recorde
O maior movimento em um feriado da Padroeira foi em 1996, com 215 mil romeiros. Atualmente, o Santuário Nacional acolhe cerca de 150 mil fiéis no dia 12 de outubro. Para 2015, a previsão do Santuário é receber 160 mil devotos. Durante os dias da Novena e Festa da Padroeira, há uma programação diferenciada. No dia 12, são celebradas, além da missa normal, outra para as crianças e há uma procissão solene, entre as atividades no decorrer da comemoração.