PUBLICIDADE
Topo

Podcast

Posse de Bola

Programa semanal de futebol com Juca Kfouri, Mauro Cezar Pereira, Arnaldo Ribeiro e Eduardo Tironi


OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Posse de Bola #241: São Paulo heroico, Palmeiras sobra e Corinthians esfacelado. Flamengo evolui?

Do UOL, em São Paulo

01/07/2022 10h47

A semana com jogos de ida das oitavas de final da Libertadores e da Copa Sul-Americana teve o Palmeiras vencendo com ampla vantagem o Cerro Porteño no Paraguai, enquanto o Flamengo voltou da Colômbia com vitória sobre o Tolima em jogo que marcou a despedida de Andreas Pereira do Rubro-negro, enquanto o Corinthians ficou no 0 a 0 em casa com o Boca Juniors. Já o São Paulo bateu a Universidad Católica, no Chile, mesmo tendo três jogadores expulsos.

No podcast Posse de Bola #241, os jornalistas Arnaldo Ribeiro, Eduardo Tironi, Juca Kfouri e Mauro Cezar Pereira analisam os resultados da semana, a arbitragem do jogo do São Paulo em Santiago, as chances de classificação do Corinthians e se não valeria a pena a permanência de Andreas Pereira no Flamengo depois de um jogo no qual ele fez o gol que garantiu a vantagem ao time rubro-negro em Ibagué.

Na análise sobre a arbitragem do jogo entre Universidad Católica, Arnaldo Ribeiro ressalta que mais uma vez fica evidente que o VAR não resolve arbitragens ruins, pontuando que a condução do jogo teve erros absurdos, quase que premeditados por parte do árbitro uruguaio Christian Ferreyra.

"Uma arbitragem que comprova que o VAR não é garantia de nenhuma neutralidade, pelo contrário, o VAR catapulta as possibilidades de interferência da arbitragem. Porque daí não é só um cara, pode ser uma equipe trabalhando contra. Ontem foi uma vergonha, foi uma coisa quase premeditada", diz Arnaldo.

"Normalmente o intervalo serve para o São Paulo virar abóbora, joga sempre bem o primeiro tempo e sempre mal o segundo tempo. Desta vez não deu nem para analisar o segundo tempo do São Paulo porque o árbitro virou abóbora, decidiu interferir no jogo de forma substancial", completa.

Juca Kfouri: Classificação do Corinthians na Libertadores é improvável

Em relação ao Corinthians, Juca Kfouri não acredita na classificação para as quartas de final, já que o time de Vítor Pereira terá de buscar a vitória diante do Boca Juniors na Bombonera, em Buenos Aires, enquanto os múltiplos desfalques dificultam o trabalho do treinador português.

"Segurar um empate na Bombonera para eventualmente levar para os pênaltis não me parece algo que o Corinthians com o time esfacelado que terá lá seja capaz. Se for capaz, será dessas coisas, dessas páginas de superação do Corinthians, para tirar o chapéu. Acho absolutamente improvável que o Corinthians se classifique para as quartas de final, vamos ver se é eliminado com dignidade, o que já será alguma coisa digna de nota", diz Juca, que critica Roger Guedes pelo pênalti desperdiçado.

"Perder pênalti é do jogo, mas há maneiras de perder pênalti. Eu diria que o Hulk perdeu mais uma vez um pênalti, mas perdeu de maneira decente, o que o Roger Guedes fez foi atrasar a bola para o goleiro. Não se bate um pênalti contra o Boca Juniors na Libertadores da maneira como bateu", completa.

Mauro Cezar: Andreas Pereira não produz algo que justifique o investimento

Mauro Cezar Pereira afirma que o gol de Andreas Pereira marcou uma vitória que o Flamengo não mereceu diante do Tolima na Colômbia. Porém, o melhor para o clube no momento é a saída do meio-campista, considerando o valor cobrado pelo Manchester United inviável para um clube brasileiro.

"Tirando a questão do acerto com o Manchester United e o Flamengo não levando adiante, o jogador custava 20 milhões de euros, o Flamengo negociou e caiu para 10 milhões, só que quando foi negociar ele já tinha o peso da falha na Libertadores. Ele fez boas atuações, acho que o Andreas é um bom meio-campista mas não produz algo que justifique o investimento para um clube brasileiro. Ele não muda o patamar do time, não desequilibra jogos", conclui.

Posse de Bola: Quando e onde ouvir?

A gravação do Posse de Bola está marcada para segundas e sextas-feiras às 9h, sempre com transmissão ao vivo pela home do UOL ou nos perfis do UOL Esporte nas redes sociais (YouTube, Facebook e Twitter).

A partir de meio-dia, o Posse de Bola estará disponível nos principais agregadores de podcasts. Você pode ouvir, por exemplo, no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts, Amazon Music e Youtube --neste último, também em vídeo. Outros podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts.