PUBLICIDADE
Topo

Podcast

Posse de Bola

Programa semanal de futebol com Juca Kfouri, Mauro Cezar Pereira, Arnaldo Ribeiro e Eduardo Tironi


OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Posse de Bola #156: Corinthians reforçado. Galo, Fla e Palmeiras lutam pela ponta

Do UOL, em São Paulo

30/08/2021 12h44

Com a janela de transferências no final, o Corinthians foi um dos destaques entre os clubes brasileiros, com Renato Augusto e Giuliano, que já estão jogando pelo time comandado por Sylvinho, além de Roger Guedes confirmado na última semana e agora a provável chegada do meia-atacante Willian, que estava no Arsenal e retorna ao Brasil depois de 15 anos para atuar pelo clube que o revelou.

No podcast Posse de Bola #156, os jornalistas Arnaldo Ribeiro, Eduardo Tironi, Juca Kfouri e Mauro Cezar Pereira analisam as contratações corintianas e também as possíveis consequências financeiras que o clube pode ter, a busca por reforços do São Paulo, a disputa pela ponta no Campeonato Brasileiro, a queda de Guto Ferreira no Ceará e o caso de racismo contra Celsinho, do Londrina, em jogo com o Brusque, na Série B.

Willian é a grande contratação

Mauro Cezar destaca a chegada de Willian como principal contratação do Corinthians e ressalta que o time deve ter um alto ganho técnico a partir de seus reforços, considerando que os quatro têm muito a contribuir na temporada, mas faz o alerta para as finanças no médio e longo prazo.

"Em campo é evidente que a tendência é o time crescer, embora sejam, dos quatro jogadores, três de mais de 30 anos, dois acho que fisicamente muito bem, o caso do Willian, que é um cara que jogava regularmente, esse eu acho que é a melhor contratação. Dos quatro é o jogador com mais currículo, acostumado a jogar numa liga que é a melhor do mundo e ser competitivo, é um cara capaz de organizar um time, acho que o Willian é uma grande contratação", diz Mauro Cezar.

"O Giuliano é um jogador até um pouco mais novo, está bem, está jogando, o Renato Augusto tem um histórico de lesões, mas é um cara muito profissional, acho que quando ele entrar em forma, ele vai atender e muito ao Corinthians, não vai ficar mais saindo do banco, como tem acontecido, e o Roger Guedes, se tiver um comportamento um pouco mais equilibrado, com relação a sua conduta no dia a dia, é um atacante capaz de desequilibrar jogos. Então o Corinthians ganha evidentemente reforços de muitos peso e é claro que o time vai jogar mais", completa.

Caminho no longo prazo é perigoso

O jornalista ressalta que, embora possa ter um time forte no curto prazo, é necessário o alerta para a questão financeira, lembrando que o Corinthians apresentou em seu último balanço financeiro anual uma dívida beirando R$ 1 bilhão e segue gastando. Ele lembra que é mais certo que surjam os problemas financeiros do que os títulos, já que estes dependem de mais fatores.

"É evidente que a torcida vai ter alegrias no curto prazo, mas o caminho é muito perigoso, porque o Corinthians já fez isso antes, especialmente em 2015, quando tinha um time que não podia pagar e teve que começar a ceder em acordos com cada um dos atletas e aí o presidente, que agora está lá de novo, vocês vão lembrar no começo de 2016 as entrevistas com lamúrias do tipo 'os chineses vêm aqui, nem falam com a gente, levam os nossos jogadores'", diz Mauro.

"No curto prazo teremos um Corinthians forte, brigando, deve conseguir vaga na Libertadores e tudo mais, mas no médio e longo prazo é uma aventura, um mergulho no escuro, e você não sabe onde isso vai parar, ou sabe onde isso vai parar", conclui.

Posse de Bola: Quando e onde ouvir?

A gravação do Posse de Bola está marcada para segundas e sextas-feiras às 9h, sempre com transmissão ao vivo pela home do UOL ou nos perfis do UOL Esporte nas redes sociais (YouTube, Facebook e Twitter).

A partir de meio-dia, o Posse de Bola estará disponível nos principais agregadores de podcasts. Você pode ouvir, por exemplo, no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts, Amazon Music e Youtube --neste último, também em vídeo. Outros podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL