PUBLICIDADE
Topo

Videos

Wagyu: o boi da carne mais cara do mundo bebe cerveja no Japão

28/07/2021 04h00

Wagyu é uma raça de boi do Japão que produz aquele que é considerado o bife mais caro do mundo. E, para muita gente, o mais saboroso. Mas qual o segredo do wagyu? Bom, tem vários. Para melhorar a digestão do boi no verão, alguns criadores oferecem cerveja ao gado.

Nessa série de vídeos, o canal do UOL Esporte mostra curiosidades do Japão, sede das Olimpíadas 2020. Acompanhe a cobertura dos Jogos no UOL.

Esse boi bebe cerveja?

Talvez você já tenha ouvido falar do wagyu, também conhecido como Kobe beef, que é considerada a carne mais saborosa do mundo. E a mais cara.

Um quilo desse bife japonês custa no mínimo R$ 360, enquanto um filé mais humilde, brasileirinho mesmo, sai por R$ 50. Wagyu significa literalmente "boi japonês", e os bois japoneses geram uma carne entremeada por esses veios de gordura, que derretem ao ser colocados no fogo, deixando a carne mais macia e saborosa.

Mas o que faz o boi japonês ter a carne tão cheia de gordura assim? Algumas coisas, e aqui está uma delas: cerveja.

Diferentemente dos bois proletários do mundo todo, o wagyu é famoso por receber um tratamento especial. Para começar o boi japonês não precisa sair atrás do alimento, que é levado a ele todo dia direto no estábulo. Aliás, o fato desse boi não ser criado em grandes extensões de campos e não se movimentar muito também contribui para a maciez da carne.

Em dias mais quentes do verão, os wagyus perdem o apetite, o que leva alguns criadores a dar cerveja para tentar trazer de volta a vontade de comer. Quem já tomou uma cervejinha e imediatamente sentiu vontade de comer uma porção de amendoim ou de azeitona sabe do que os wagyus tão falando.

Para evitar que o gado se estresse, alguns criadores também fazem massagens diárias e tocam música clássica enquanto alimentam os animais.

É claro que esse tratamento VIP não serve pra nada se você vai ser morto e ter o corpo fatiado e vendido aos dois anos e dez meses de idade. Esse é o tempo máximo de abate de um wagyu.

No Brasil, o boi japonês já é criado desde 1993 e foi trazido pelos diretores de uma empresa que não produz cerveja, mas, sim, outra bebida que todo brasileiro conhece: a Yakult. Além dos lactobacilos vivos, a Yakult é dona de um dos maiores rebanhos de bois japoneses (também vivos) do Brasil.

Videos