PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Acertado com Newcastle, Athletico irá receber o dobro do indicado na negociação de Bruno Guimarães

Esporte News Mundo (redacao@esportenewsmundo.com.br)

28/01/2022 15h12

Acertado com o Newcastle, da Inglaterra, o volante Bruno Guimarães, ex-Athletico, deve render o dobro que o indicado aos cofres do Furacão. O valor inicialmente informado pela reportagem do Esporte News Mundo de 20% do lucro da transferência do jogador do Lyon, será 20% do valor total da negociação. Com isso, o Athletico em vez de receber 4 milhões de Euros (aproximadamente R$ 25 milhões), irá faturar 8,5 milhões de Euros (cerca de R$ 52 milhões).

+ Athletico e dirigentes são punidos pelo STJD por incidentes na final da Copa do Brasil

O Athletico vendeu Bruno Guimarães por cerca de 20 milhões de Euros (aproximadamente R$ 115 milhões à época). Entretanto, permaneceu com 20% do passe total do atleta e não 20% do lucro do passe do jogador. No antigo cenário, o Furacão irá receber 20% de 22 milhões, diferença entre o valor pago e o vendido pelo Lyon. Agora com a confirmação que será o valor total, o Athletico irá receber 20% dos 42 milhões de Euros pagos pelo Newcastle. Vale destacar que após essa negociação, o Athletico não terá mais nenhuma porcentagem no passe do jogador de 24 anos.

Para saber tudo sobre o Athletico, siga o Esporte News Mundo no Twitter, Instagram e Facebook.

Com os valores pagos por essa segunda venda, Bruno Guimarães entrará pela segunda vez no Top-5 de das maiores vendas do Athletico. Já que quando foi negociado em 2019 por 20 milhões de Euros, se tornou a segunda venda mais cara do clube, atrás apenas do lateral esquerdo Renan Lodi, que foi negociado por cerca de R$ 23 milhões de Euros. 

Bruno Guimarães está atualmente com o grupo da Seleção Brasileira, para disputa das Eliminatórias da Copa do Mundo. O Newcastle, novo clube do jogador, está em uma situação complicada no Campeonato Inglês. Atualmente, o time está no 18º lugar, na zona de rebaixamento, com 15 pontos em 21 jogos. O tradicional clube da Inglaterra foi adquirido por um fundo de investimentos da Arábia Saudita no ano passado.

Futebol