PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Milan perde e fica em último em grupo da Champions; Atlético de Madrid avança

07/12/2021 23h03

Redação Central, 7 dez (EFE).- De volta à Liga dos Campeões após oito temporadas, o Milan decepcionou a torcida ao terminar a campanha de retorno ao torneio na lanterna do grupo B, depois de perder para o líder Liverpool por 2 a 1 de virada nesta terça-feira, enquanto o Atlético de Madrid conquistou a segunda vaga do grupo ao vencer o Porto por 2 a 0 no Estádio do Dragão.

O time inglês já havia se garantido no topo da tabela e fechou a participação na chave com 100% de aproveitamento e 18 pontos, enquanto o Atlético foi a sete com o triunfo e ficou na segunda posição. Os 'Dragões' obtiveram o terceiro lugar, com quatro, um a mais que os 'Rossoneri', que tinham chance de se classificar.

O Milan, com o brasileiro Junior Messias de titular, até saiu à frente no placar, aos 28 minutos de partida, com gol de Tomori, que pegou rebote do goleiro Alisson depois de cabeceio de Romagnoli. No entanto, pouco depois, aos 35, Salah deixou tudo igual para os 'Reds', pelos quais jogaram o goleiro Alisson e o volante Fabinho.

No segundo tempo, aos dez minutos, Tomori foi de herói a vilão. O zagueiro nigeriano naturalizado inglês deu passe errado, Mané aproveitou e chutou de pé esquerdo. Maignan defendeu, mas Origi conferiu de cabeça na sobra.

Dessa forma, a segunda vaga da chave foi definida no confronto direto entre Porto, que jogava pelo empate, e Atlético de Madrid. O duelo foi marcado por confusões, uma expulsão de cada lado, incluindo o lateral-esquerdo brasileiro Wendell pelos 'Dragões', e quatro gols, três deles marcados no finzinho. A equipe portuguesa teve de se contentar com uma vaga na fase de 16 avos de final da Liga Europa.

Griezmann fez 1 a 0 aos dez minutos da segunda etapa, Correa ampliou aos 44 e De Paul selou a classificação aos 46. Sergio Oliveira marcou o de honra dos donos da casa ao 50.

Três brasileiros figuraram na formação inicial do Porto, incluindo os naturalizados portugueses Pepe e Otávio, além do atacante Evanilson. Pelo Atlético, o zagueiro Felipe foi desfalque, e o lateral Renan Lodi entrou no decorrer do jogo.

Em partida que valeu a ponta da tabela no grupo D, o Real Madrid levou a melhor sobre a Inter de Milão com uma vitória por 2 a 0. Os dois times já haviam se garantido no mata-mata, mas a equipe espanhola passou em primeiro lugar, com 15 pontos, enquanto os 'Nerazzurri' ficaram em segundo, com dez. Kroos e Asensio balançaram a rede uma vez cada.

Éder Militão, Casemiro, Rodrygo e Vinícius Júnior foram titulares do Real, enquanto Marcelo ficou no banco. A Inter não conta com brasileiros no elenco.

Com Dodô, Marcos Antonio, Marlos, Fernando, Maycon, Tetê e Ismaily em campo (os quatro primeiros como titulares), o Shakhtar Donetsk se despediu de forma melancólica. A equipe ucraniana foi a última colocada do grupo D, com apenas dois pontos, e hoje empatou com o Sheriff, da Moldávia, terceiro colocado, em 1 a 1.

Fernando até fez 1 a 0 para o Shakhtar, aos 41 minutos de jogo, mas Nikolov deixou tudo igual no apagar das luzes, aos 47 do segundo tempo.

O grupo C, que já tinha Ajax como líder e Sporting como segundo colocado, terminou com muita bola na rede - foram 11 no total. O time holandês contou com um gol de David Neres e um de Antony derrotou os 'Leões' por 4 a 2. O segundo gol do time português foi marcado por Bruno Tabata.

Já o Borussia Dortmund, terceiro, com Reinier entrando na segunda etapa, bateu o lanterna Besiktas, do zagueiro Welinton e o volante Souza, por 5 a 0, com direito a dois do badalado atacante Haaaland. EFE

Esporte