PUBLICIDADE
Topo

Esporte


Kroos compara gol olímpico com cobrança de falta: "O chute foi bom"

Kroos comemora gol do Real Madrid contra o Valencia - REUTERS/Sergio Perez
Kroos comemora gol do Real Madrid contra o Valencia Imagem: REUTERS/Sergio Perez

09/01/2020 17h41

Autor de um gol olímpico nesta quarta-feira, na vitória do Real Madrid sobre o Valencia por 3 a 1, pelas semifinais da Supercopa da Espanha, o meia Toni Kroos afirmou que o lance não foi tão difícil de ser executado e o comparou a uma cobrança de falta.

"Foi espontâneo. Quando fui para o escanteio, vi que o goleiro do Valencia (Domenech) estava falando com o seu zagueiro na altura da pequena área, a cerca de cinco metros do seu gol. Quando acertei a bola, eles ainda estavam conversando. Para isso, claro, é preciso tomar uma decisão rapidamente. O chute foi bom", comentou Kroos na cidade de Jidá, onde a Supercopa está sendo disputada.

Kroos lembrou que já havia tentado a jogada antes, precisamente contra o Paris Saint-Germain, pela Liga dos Campeões. "Quase funcionou, mas Keylor Navas interceptou a bola no último minuto", lembrou, em referência ao empate com o PSG em 2 a 2, em 26 de novembro, no Santiago Bernabéu.

"Na verdade, é o mesmo chute que uma falta ou um cruzamento, você só precisa apontar para um alvo diferente em vez da cabeça de um companheiro de equipe no meio. É incomum que saia bem, mas o chute não é o mais difícil", considerou.

Na vitória desta quarta, o Real foi escalado com cinco meio-campistas, em uma reviravolta tática do técnico Zinedine Zidane. A mudança agradou a Kroos.

"Foi devido à situação na equipe, sem Karim Benzema, Gareth Bale e Eden Hazard. Tentamos fazer o nosso melhor e funcionou muito bem. Foi só por uma partida, mas pessoalmente gosto quando há muitos meio-campistas em campo", admitiu.

Esporte