PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Viñales conquista pole do GP da Comunidade Valenciana; Márquez cai e é 5º

17/11/2018 13h59

(Atualiza com resultados dos treinos da Moto2 e Moto3).

Valência (Espanha), 17 nov (EFE).- O espanhol Maverick Viñales, da Yamaha, conquistou neste sábado a primeira pole position na temporada da MotoGP, e largará em primeiro no Grande Prêmio da Comunidade Valenciana, na Espanha, o último de 2018, em dia de queda do já campeão e também piloto da casa, Marc Márquez, da Honda.

O dono da moto 25, quarto colocado na classificação do campeonato, cravou o tempo de 1min31s312, encerrando assim um jejum de 22 etapas sem conseguir ser o mais rápido do treino de definição do grid, já que a última vez que isso aconteceu no GP de Aragón, também na Espanha, no ano passado.

A segunda posição na sessão foi com o também espanhol Álex Rins, da Suzuki, apenas 68 centésimos atrás de Viñales. Garantido como vice-campeão por antecipação, o italiano Andrea Dovizioso, da Ducati, a 80 centésimos do pole position e foi o terceiro mais rápido.

Márquez, por sua vez, sofreu queda logo na primeira tentativa de volta do Q2, a parte final do treino de classificação. O cinco vezes campeão voltou para a pista, mesmo deixando claro que sentia fortes dores no ombro esquerdo, cravou tempo de 1min31s442 e sairá em quinto.

A frente do espanhol estará o italiano Danilo Petrucci, da Pramac Ducati, que vem surpreendendo no fim de semana, depois de ser o mais veloz no segundo e no terceiro treinos livres. O espanhol Pol Espargaró, da KTM, sairá em sexto, fechando a segunda fila.

A grande decepção da sessão foi o italiano Valentino Rossi, da Yamaha, que conseguiu apenas a 16ª colocação, uma atrás do ítalo-brasileiro Franco Morbidelli, da Marc VDS Honda, que foi 67 centésimos mais veloz que o veterano.

Na Moto2, o italiano Luca Marini, da VR46 Kalex, foi o mais rápido, ao alcançar a marca de 1min35s777. Logo atrás, ficaram o espanhol Xavier Vierge e o alemão Marcel Schrötter, ambos da Intact Kalex, que completarão a primeira fila.

Campeão por antecipação, o italiano Francesco Bagnaia, companheiro do pole position, largará na quarta posição.

Por fim, na Moto3, o líder do dia foi o italiano Tony Arbolino, da Snipers Honda, com 1min46s773, que desbancou o tailandês Nakarin Atiratphuvapat, da Team Asia Honda, e o britânico John McPhee, da CIP KTM, segundo e terceiro, respectivamente.

Com a taça da temporada já garantida, o espanhol Jorge Martín, da Gresini Honda, terminou apenas na 13ª posição.

Esporte