PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Técnico do Xangai Shenhua diz que Tévez demorará a se adaptar à China

Tévez será o jogador mais bem pago do mundo no futebol chinês - AFP / STR / China
Tévez será o jogador mais bem pago do mundo no futebol chinês Imagem: AFP / STR / China

20/01/2017 15h37

Buenos Aires, 20 jan (EFE).- O técnico do Xangai Shenhua, o uruguaio Gustavo Poyet, afirmou nesta sexta-feira que o atacante argentino Carlos Tévez, que chegou ontem à China, precisará de ajuda para se adaptar à nova cultura.

"Temos todos que ajudá-lo, é um lugar diferente, com muitas coisas que você precisa se adaptar. No futebol vai ser fácil, é o mesmo idioma, mas a vida normal é mais difícil porque viemos de um mundo completamente diferente", afirmou o técnico em entrevista à rádio argentina "La Once Diez".

Poyet explicou que o primeiro treino de Tévez no novo clube será aberto. A expectativa é que 2 mil torcedores compareçam para celebrar a contratação do novo reforço do Xangai. O atacante argentino foi recebido ontem por dezenas de torcedores que cantavam seu nome e pediram autógrafos em uma calorosa recepção.

O Xangai e o Boca Juniros anunciaram um acordo pela transferência do jogador de 32 anos. O clube argentino receberá US$ 11 milhões, e Tévez será o jogador com o maior salário do mundo.

O primeiro teste de Tévez será no dia 8 de fevereiro, quando a equipe enfrenta sua primeira "final", nas palavras do próprio técnico, já que o Xangai disputará uma partida de classificação para a próxima Liga dos Campeões da Ásia.

"Será uma estreia interessante", disse Poyet.
 

Esporte