PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Segunda parte do relatório McLaren será publicada em dezembro

26/10/2016 19h33

Redação Central, 26 out (EFE).- O professor Richard H. McLaren, que elaborou um relatório que acusava o governo russo de organizar e encobrir o doping em massa de seus atletas, espera apresentar a segunda parte de sua investigação no começo de dezembro, segundo anúncio feito pela Agência Mundial Antidoping (Wada) nesta quarta-feira.

Em um breve comunicado, a Wada afirmou que serão dados mais detalhes sobre o trabalho do professor da Western University (Canadá) nas próximas semanas.

A primeira parte do relatório McLaren revelou que durante os Jogos Olímpicos de Inverno de 2014, em Sochi (Rússia), os laboratórios antidoping de Moscou e da própria cidade sede encobriram o uso de substâncias ilegais por parte dos atletas do país anfitrião.

Depois da divulgação do conteúdo, o Comitê Olímpico Internacional (COI) liberou a participação nos Jogos do Rio de apenas 278 dos 389 atletas russos que formavam a lista original de inscritos.

Esporte