PUBLICIDADE
Topo

Esporte


COI desqualifica de medalhista de prata no halterofilismo em Londres

(Xinhua/Gong Bing
Imagem: (Xinhua/Gong Bing

18/10/2016 16h08

O Comitê Olímpico Internacional (COI) anunciou nesta terça-feira a desqualificação do russo Apti Aukhadov dos Jogos Olímpicos de Londres, em que conquistou a medalha de prata na categoria até 85 quilos do halterofilismo, após reanálise de exame antidoping.

O atleta testou positivo para turinabol e drostanolona, na prova em que ergueu 385 quilos e em que só ficou atrás do polonês Adrian Zielinski. O iraniano Kianoush Rostami, terceiro na disputa, deverá subir para o segundo lugar, enquanto o egípcio deverá herdar a prata.

Outro flagrado em reanálise de mostra preservada desde os Jogos de Londres foi o ucraniano Maksym Mazuryk, que ficou na 18ª colocação na competição do salto com vara. Ele foi pego por ter feito uso de turinabol.

Ambos foram considerados pelo COI culpados por descumprir a legislação antidoping. A entidade ordenou que as federações internacionais de halterofilismo e atletismo, respectivamente, anulassem os resultados dos dois atletas em Londres.
 

Esporte