PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Moreno minimiza episódio com Cejudo revelado por Deiveson: "Quer fazer drama"

Ag. Fight

Ag. Fight

26/10/2021 09h30

A repentina aproximação de Deiveson Figueiredo com Henry Cejudo ampliou sua rivalidade com Brandon Moreno. O motivo foi o fato de 'Daico' ter revelado um episódio envolvendo 'Triple C' e o campeão do peso-mosca (57 kg) do UFC. Sendo assim, o clima para a trilogia protagonizada pelos atletas, válida pelo título da categoria e que vai acontecer na edição de número 270, em janeiro, que era ruim, ficou ainda pior. Contudo, 'The Assassin Baby' tentou minimizar a polêmica.

Após iniciar seus treinos com Cejudo e Eric Albarracin, na academia 'Fight Ready', localizada no Arizona (EUA), Deiveson expôs que Moreno não foi grato ao seu antigo rival. De acordo com o brasileiro, 'Triple C' ajudou o campeão do peso-mosca a participar da 24ª edição do 'The Ultimate Fighter', mas, no programa, não o escolheu para integrar sua equipe. Sendo assim, o mexicano integrou o time de Joseph Benavidez. Como, tradicionalmente, os treinadores do reality show se enfrentam, 'The Assassin Baby' auxiliou 'Joe Jitsu' em sua preparação para encarar o wrestler olímpico e tal decisão não caiu bem em parte da comunidade do MMA.

Sendo assim, Deiveson prometeu homenagear o novo amigo com a vitória no UFC 270. Em entrevista à 'ESPN Deportes', Moreno admitiu que ficou surpreso com a atitude do brasileiro e de Cejudo, mas garantiu que a polêmica não o abalou para a aguardada trilogia que vai concluir a rivalidade. Disposto a comprovar sua superioridade no octógono, o campeão do peso-mosca deixou claro que aborda o combate racionalmente, pois considera esta a melhor forma de superar a adversidade, representada por um oponente de alto nível.

"Eu estava apenas triste no início. Foi nos primeiros momentos, quando estava vendo todos esses posts no Instagram. Não me importo. Agora entendo. Talvez, ele queira fazer algum drama com toda essa história envolvendo a gente. Mas, novamente, não me importo", declarou o campeão do peso-mosca do UFC, antes de completar.

"Porque se eu começar a pensar muito sobre os sentimentos, sobre como me sinto emocionalmente sobre isso, posso perder um pouco a concentração e não quero sentir isso. Preciso estar focado em Deiveson. Esse cara é um robô. Ele não tem uma opinião própria ou muito cérebro, mas ele é um lutador, um verdadeiro lutador. Tenho que cuidar dele, porque sei que ele estará pronto para a trilogia", concluiu.

Apesar da pouca idade (27 anos), Brandon Moreno já é um veterano do MMA. O mexicano iniciou sua trajetória no esporte em 2011 e, antes de se tornar campeão do peso-mosca do UFC, conquistou o título da categoria no LFA. O cartel profissional de 'The Assassin Baby' na modalidade é composto por 19 vitórias, cinco derrotas, dois empates e seus triunfos de maior destaque foram diante de Brandon Royval, Deiveson Figueiredo, Dustin Ortiz, Jussier 'Formiga' e Kai Kara-France.

Esporte