PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Thompson critica UFC por realizar revanche entre Usman e Covington pelo título

Ag. Fight

Ag. Fight

29/07/2021 07h00

Na última segunda-feira (26), Dana White, presidente do Ultimate, confirmou o duelo entre Kamaru Usman e Colby Covington pelo cinturão dos meio-médios (77 kg), na luta principal do UFC 268, que deve acontecer em Nova York (EUA), no dia 6 de novembro. Quem não gostou nada dessa revanche ser anunciada foi Stephen Thompson.

Em entrevista ao canal do 'YouTube' 'Fanatics View', o americano criticou a atitude da organização em promover essa nova disputa. De acordo com o competidor, que em sua última apresentação foi derrotado por Gilbert 'Durinho', em junho deste ano, o Ultimate travou a categoria e não dá a oportunidade de outro atleta lutar pelo título.

"O cara (Covington) foi parado, quebrou a mandíbula, fez uma luta contra Woodley e agora está lutando novamente pelo título. Eles estão apenas jogando os mesmos caras para Usman repetidamente. Edwards é alguém diferente, eles lutaram há anos. Pelo menos, é alguém diferente. Alguém que trabalhou no caminho de volta. O que ele está fazendo, uma sequência de nove vitórias? Eu não entendo por que eles não deram esta luta para ele. Estou um pouco desapontado com o que o UFC está fazendo", disse,

Após carreira no kickboxing, Stephen Thomspon foi para o MMA em 2010, acumulando, até o momento, um cartel de 16 vitórias, sete delas por nocaute, cinco derrotas e um empate. O americano já teve a oportunidade de lutar pelo cinturão até 77 kg do Ultimate. Na primeira chance, em novembro 2016, o americano viu a disputa contra o então campeão Tyron Woodley terminar em empate majoritário. Já na revanche, quatro meses depois, 'Wonderboy' acabou superado por pontos, também em decisão majoritária.

Esporte