PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Volkanovski revela intenção de se testar no peso-leve: "Quero ser o melhor lutador"

Ag. Fight

Ag. Fight

04/12/2020 11h39

A aposentadoria de Khabib Nurmagomedov mudou completamente o cenário do peso-leve (70 kg) do UFC. Se antes a categoria foi dominada pelo russo, sem ele, vários atletas como Charles 'do Bronx', Conor McGregor, Dustin Poirier, Justin Gaethje, Michael Chandler e Tony Ferguson despontam como principais candidatos para conquistar o cinturão - porém existe um atleta disposto a furar a fila. Trata-se de Alexander Volkanovski, que parece ter se empolgado com a possível mudança de categoria de Israel Adesanya e Jon Jones.

Em entrevista à 'ESPN' norte-americana, o campeão do peso-pena (66 kg) mostrou ambição ao revelar que seu principal objetivo é se tornar o melhor lutador do esporte e, para isso acontecer, é necessário se aventurar nos leves. Contudo, o australiano não esqueceu a atual divisão e ressaltou que sua história nela não está encerrada.

"É, isso é algo que eu, definitivamente, vejo no futuro, mas não falo sobre isso, porque tenho trabalho a fazer. Tenho objetivos em minha mente, mas o que as pessoas precisam entender é que, embora eu possa ter objetivos, eles não são meus objetivos finais. Ele pode ser o cinturão, pode ser defender o cinturão e meu objetivo ainda é defender o dos penas, mas quero ser o melhor lutador que existe. Esse é um objetivo meu. E para isso, quero subir e lutar nos leves também. Mas, novamente, tenho uma divisão que quero dominar. Quero ser o melhor que os penas já viram, por isso quero algumas defesas de cinturão aqui, mas, definitivamente, quero uma luta nos leves também", explicou Volkanovski.

A última aparição de Alexander Volkanovski no octógono ocorreu em julho, quando venceu a revanche com Max Holloway e, consequentemente, defendeu o cinturão dos penas pela primeira vez. Antes disso, o australiano havia vencido o mesmo Holloway, José Aldo, Chad Mendes, entre outros, e segue invicto no UFC.

Esporte