Topo

Esporte


Amigo de McGregor volta a competir no Bellator após suspensão por briga no UFC 229

Ag. Fight

26/05/2019 14h32

Um dos protagonistas da confusão no UFC 229 - que culminou em uma briga generalizada em Las Vegas (EUA) -, Dillon Danis voltará à ativa no dia 14 de junho, no evento em que o Bellator promoverá na cidade americana de Nova York. No show programado para o ginásio do 'Madison Square Garden', o amigo e companheiro de treinos de Conor McGregor enfrentará o compatriota Max Humphrey.

Esta será a segunda participação do americano no Bellator, organização pela qual Dillon estreou no MMA em abril de 2018 com vitória sobre Kyle Walker. No evento de número 222 da companhia, o amigo de McGregor estará presente no mesmo card em que Neiman Gracie disputará o cinturão dos meio-médios (77 kg) contra Rory MacDonald e em que o ex-campeão do UFC, Lyoto Machida, duelará contra Chael Sonnen.

Em fevereiro, a Comissão Atlética de Nevada (NSAC) anunciou que Dillon havia recebido sete meses de suspensão - retroativa à data do ocorrido - e multa no valor de 7,5 mil dólares (cerca de R$ 30 mil) pela participação na briga generalizada do UFC 229. No evento promovido em outubro de 2018, o nome de Danis ganhou o mundo após Khabib Nurmagomedov ter pulado a grade de proteção do octógono e partido para cima dele - logo depois de finalizar McGregor -, o que desencadeou a confusão entre as equipes de ambos.

Dillon irá em busca da segunda vitória consecutiva como atleta profissional de MMA no duelo contra Humphrey. O rival, por outro lado, que fará o seu primeiro combate pelo Bellator, triunfou em três dos cinco confrontos que possui no cartel.

Mais Esporte