PUBLICIDADE
Topo

Esporte

TJ Dillashaw reclama de derrota e pede nova chance como peso-mosca no UFC

Ag. Fight

20/01/2019 14h50

Henry Cejudo precisou de menos de um minuto para nocautear TJ Dillashaw na luta principal do UFC Brooklyn e manter o cinturão dos pesos-moscas (57 kg). No entanto, seu rival permanece reclamando de uma suposta paralisação equivocada do árbitro e se adianta em pedir uma revanche.

Na coletiva de imprensa realizada após o final do evento do último sábado (19), TJ questionou a postura do árbitro por interromper a disputa e pediu por uma nova chance de desafiar o campeão dos moscas, o que o permitiria acumular dois cinturões do UFC - Dillashaw é o atual campeão dos galos (61 kg).

"Como você pode ver, estou frustrado. Essa porcaria tem que acontecer de novo, como um peso-mosca. É um absurdo. Trabalhei duro por 12 semanas para chegar aqui e ter isso roubado em 30 segundos", bradou, durante a coletiva.

Essa foi a primeira vez na carreira que Dillashaw desceu para os moscas. Por isso, os dias que antecederam o confronto garantiram clima tenso sobre a possibilidade do americano não vencer a guerra contra a balança. E todo o esforço para cortar peso ter sido jogado fora e menos de um minuto pareceu irritar como nunca o campeão dos galos.

"Estou muito magoado agora. Muito irritado. Trabalhei duro, cara. Estou quase chorando. Coloquei muito esforço. Não sei, cara, é difícil", lamentou.

Esporte