PUBLICIDADE
Topo

Esporte

A casa caiu! Card do UFC 233 é adiado e lutas são remanejadas

Ag. Fight

12/12/2018 19h51

Uma verdadeira bomba atingiu os fanáticos por MMA nesta quarta-feira (12). Isso porque o card do UFC 233, agendado para o dia 26 de janeiro em Anaheim, Califórnia (EUA), foi oficialmente adiado. Ainda não há confirmação de qual será a nova data do card, muito menos se o show permanecerá na mesma sede.

A informação foi dada em primeira mão pelo site da 'ESPN' americana, que confirmou que o evento será reagendado para uma data posterior a original. Ainda de acordo com a emissora, o show foi adiado devido "a uma combinação de fatores", ainda não revelados. No entanto, a ausência de uma luta principal com disputa de cinturão provavelmente pesou na decisão do Ultimate.

"Em breve comunicado oficial, o UFC confirmou a informação através de seu site: "Todas as lutas escaladas para o UFC 233 estão sendo remanejadas para cards futuros. O card do dia 10 de fevereiro na 'Rod Laver Arena' em Melbourne, Austrália, continua sendo UFC 234: Whittaker vs Gastelum. O calendário do UFC para 2019 contará com 12 shows em pay-per-view. Detalhes adicionais serão anunciados no futuro".

O card de número 233 teria como main event a superluta entre os campeões dos pesos-moscas (57 kg) e dos pesos-galos (61 kg), Henry Cejudo e T.J Dillashaw, respectivamente. Mas o aguardado duelo foi antecipado em uma semana e reagendado para o evento que marca a estreia da parceria da ESPN com o Ultimate, no dia 19 de janeiro, em Brooklyn (EUA).

Com isso, o card em Anaheim ficou sem nenhuma disputa de cinturão. Uma possível solução seria escalar o campeão dos meio-médios (77 kg) Tyron Woodley para o show. Mas 'The Chosen One' frustrou os planos do Ultimate ao alegar que ainda se recupera de uma lesão na mão direita.

Apesar da ausência de uma luta principal da noite, diversos confrontos de peso já tinham sido oficializados para o UFC 233, com destaque para a estreia do falastrão Bem Askren, que enfrentaria Robbie Lawler. Os brasileiros Deiveson 'Deus da Guerra' e Francisco 'Massaranduba' também estavam escalados para o show. Os duelos marcados para o card de Anaheim serão realocados em outros eventos da organização, de acordo com o site 'ESPN'.

Esporte