PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Manny Pacquiao retorna a Las Vegas para defender cinturão mundial em janeiro

Ag. Fight

19/11/2018 17h25

Manny Pacquiao está de volta à meca do boxe mundial. Desde 2016 sem lutar em Las Vegas (EUA), o filipino já tem data para retornar aos holofotes mais tradicionais do pugilismo internacional. Ele vai colocar em jogo o cinturão meio-médio (66,7 kg) da Associação Mundial de Boxe (WBA) contra Adrien Broner em 19 de janeiro de 2019.

A luta, que será realizada na MGM Grand Garden Arena, foi anunciada nesta segunda-feira (19), por meio de comunicado à imprensa, quando o atleta afirmou que a experiência na política vai ajudá-lo no seu mais importante compromisso dos últimos anos. Pacquiao, que é senador pelas Filipinas, tem 60 vitórias, sete derrotas e dois empates na carreira, com 39 nocautes obtidos.

"Senti saudades de lutar em Las Vegas, que foi uma segunda casa para mim. Voltar à MGM Grand Garden Arena para defender meu título mundial contra Adrien Broner é uma maneira empolgante de marcar meu retorno à casa. Adrien é um oponente duro com um cartel excelente. Mas se tem uma coisa que eu aprendi enquanto servi no Senado e no Congresso filipino, foi resolver problemas", declarou.

Broner, por sua vez, tem cartel de 33 vitórias, três derrotas e um empate. Ele tem 29 anos - dez a menos do que 'Pacman'. O americano nunca foi nocauteado em seus 11 anos de carreira profissional e afirmou que pretende selar o fim da carreira do veterano adversário.

"Eu fiz a minha parte e agora é hora de receber o que eu mereço. Tenho mais audiência do que todo mundo quando eu luto. Muitas pessoas vão me ver mandar Pacquiao para a aposentadoria e sem cinturão", disse.

'The Problem' vem do único resultado neutro de sua carreira. Em abril, os árbitros indicaram empate majoritário no seu duelo contra Jessie Vargas. Dois dos juízes apontaram 114-114 como placar e um deu o triunfo a Broner por 115-113. Já Pacquiao conquistou em julho, contra Lucas Matthysse, o título meio-médio que defenderá diante do americano em janeiro.

Esporte