PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Líder da ATT repreende Colby e garante reunião para avaliar o caso

Marcel Alcântara, em São Paulo (SP)

Ag. Fight

30/10/2017 06h00

A postura de Colby Covington no UFC São Paulo, evento realizado no último sábado (28), está rendendo uma chuva de críticas ao americano. Desde que o duelo contra Demian Maia foi marcado, 'Chaos' não poupou críticas ao rival e, inclusive, comprou briga com a torcida brasileira. Contudo, o ápice de toda a polêmica aconteceu logo após a sua vitória em cima do especialista na arte suave, quando o meio-médio (77 kg) ofendeu os fãs presentes no ginásio do Ibirapuera. E a atitude do atleta foi repreendida até pelo líder da American Top Team - equipe onde o lutador treina.

Em conversa com a reportagem da Ag. Fight, Conan Silveira deixou claro que não aprovou a conduta de Covington e que uma conversa interna com o atleta será feita para analisar a sua atitude. De acordo com o treinador da ATT, toda promoção de luta é válida, desde que haja respeito.

"Com certeza quando voltar a gente vai conversar entre nós e conversar com ele também. Ninguém é pai dele, mas no meio do esporte tem que existir o respeito. Você pode se promover de uma maneira respeitosa. O público não tem nada a ver com isso. E não estou falando isso só por eu ser brasileiro. Você não pode fazer isso na casa de outra pessoa", declarou.

Apesar da crítica à postura do pupilo, Conan garantiu que não enxerga Covington como uma pessoa ruim e caráter. Na opinião do técnico, o americano simplesmente passou do ponto e está se promovendo da maneira errada.

"Primeiro de tudo, acredito que ele não seja o que ele falou. Ele está tentando se promover, só que da maneira errada. Ele é uma pessoa estudada e não é de má índole. Isso eu te garanto porque eu o conheço. Você pode se promover, mas não tem necessidade de atingir os outros. Ele não é uma pessoa má. Só está utilizando uma maneira errada de se promover", analisou.

Nitidamente incomodado com toda a polêmica, Conan ainda fez questão de pedir desculpas a Demian em nome de toda a equipe da ATT: "Tenho uma admiração enorme pelo Demian. Ele fez e faz muito pelo esporte. Conheço ele pessoalmente. Acho ele incrível, trouxe muita coisa ao MMA. Acho que pedir desculpa não é nem o caso. Desculpa não resolve neste caso, mas como sou um dos líderes e co-fundador da American Top Team, seria o caso de falar em nome do time. Fica então o pedido de desculpa pelo ocorrido".

Mesmo repreendido por todos os lados, Covington parece convicto de que está errado em manter essa postura com o público. Afinal de contas, nesse domingo (29), o americano seguiu provocando e fingiu um pedido de desculpas para ironizar a torcida brasileira nas redes sociais.

Esporte