PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Atleta bielorrussa chega a aeroporto japonês para embarcar rumo à Polônia

03/08/2021 21h38

Tóquio, 4 Ago 2021 (AFP) - A atleta olímpica bielorrussa Krystsina Tsimanouskaya chegou nesta quarta-feira (noite de terça, 3, no Brasil) a um aeroporto do Japão para embarcar em um voo rumo à Polônia, depois que Varsóvia concedeu visto humanitário à velocista.

A corredora de 24 anos, que foi vista saindo de um carro e entrando no aeroporto de Narita, disse que sua equipe tentou forçá-la a voltar para seu país depois que ela criticou seus treinadores.

A jovem se negou a falar com a imprensa ao chegar ao aeroporto.

Tsimanouskaya disse temer por sua vida se voltar a Belarus, que sofre uma repressão contra dissidentes após a contestadas eleições do ano passado que mantiveram o poder nas mãos do homem forte do país, Alexander Lukashenko.

Ela foi uma das mais de 2.000 personalidades esportivas bielorrussas que assinaram uma carta aberta pedindo novas eleições e a libertação dos presos políticos.

Seu marido fugiu para a Ucrânia e o casal deverá se reunir na Polônia, um país crítico ao regime de Lukashenko.

Tsimanouskaya chegou à embaixada da Polônia na segunda-feira após pernoitar em um hotel do aeroporto, após pedir ajuda para evitar o que denunciou como uma tentativa de sua equipe de obrigá-la a voltar ao seu país.

O primeiro-ministro polonês, Mateusz Morawiecki, disse nesta terça ter conversado com a "corajosa" Tsimanouskaya, que "atualmente está sendo cuidada e a salvo".

Lukashenko, no poder desde 1994, provocou revolta internacional em maio, ao enviar um avião-caça para interceptar um voo da companhia aérea Ryanair na rota entre a Grécia e a Lituânia para deter um dissidente que viajava a bordo.

O episódio olímpico ocorre enquanto a polícia da Ucrânia revelou que um ativista bielorrusso desaparecido, cuja ONG ajuda compatriotas a fugir de seu país, foi encontrado enforcado em um parque de Kiev.

A polícia ucraniana informou ter aberto uma investigação criminal e que não descarta que se trate de um "homicídio disfarçado de suicídio".

bur-sah/jah/mas/gfe/mvv

Esporte