PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Primeiro boxeador latino-americano em equipe de refugiados é eliminado em 67 segundos

26/07/2021 01h55

Tóquio, 26 Jul 2021 (AFP) - O boxeador venezuelano Eldric Sella, primeiro esportista latino-americano a competir na Equipe Olímpica de Refugiados, sofreu nesta segunda-feira (26) uma derrota rápida em sua estreia nos Jogos de Tóquio para o dominicano Euri Cedeño.

O árbitro parou a disputa com apenas 1 minuto e 7 segundos disputados, decretando Cedeño como vencedor do combate da rodada preliminar dos pesos-médios (69-75 kg).

O dominicano mandou Sella para a lona com apenas 15 segundos de combate e, após outra forte combinação de golpes, o árbitro irlandês Diarmuid MacDiarmada decretou o fim da luta.

Sella, de 24 anos, deixou a Venezuela em 2018 em meio à forte crise política e econômica em seu país e tem trabalhado e treinado com seu pai em Trindade e Tobago.

gbv/dr/mvv

Esporte