PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Liga espanhola atrasa venda de direitos de TV por crise catalã

Javier Tebas, presidente de La Liga (Photo by Denis Doyle/Getty Images for Tag Heuer) - false
Javier Tebas, presidente de La Liga (Photo by Denis Doyle/Getty Images for Tag Heuer)

Do UOL, em São Paulo

17/10/2017 16h19

Madri, 17 Out 2017 (AFP) - A liga espanhola (La Liga) atrasou em duas semanas a licitação pelos direitos de televisão do Campeonato espanhol a nível internacional, nesta terça-feira (17), por conta da inquietude provocada pela possível saída do Barcelona em reflexo da independência da Catalunha, informou o presidente Javier Tebas.

"Tivemos que atrasar a licitação que costumamos fazer por estes dias, para saber o que vai acontecer com a Espanha. Estamos no meio de um problema que pode afetar muito o valor da nossa competição. Foi atrasado por aproximadamente duas semanas", declarou Tebas em congresso de futebol em Madri.

O presidente da La Liga indicou que a licitação deveria ser realizada já, mas "tivemos que atrasar porque a situação que a Catalunha está vivendo não favorece o preço que os operadores do concurso podem oferecer".

A situação vivida na Catalunha sobre sua possível independência colocou os clubes da região no olho do furacão, especialmente o Barcelona. O time de Lionel Messi poderia sair da Liga espanhola em caso de confirmação da separação.

Esta possibilidade parece muito remota por enquanto. O próprio Barcelona deu a entender que a intenção é seguir jogando o campeonato espanhol, que aporta grande valor ao clube.

"Pode-se pensar que o Barcelona é 50% da competição, mas não é assim. Calculo que estaria entre uns 20 ou 25%", afirmou Tebas.

Em caso da saída dos clubes catalães, "teríamos que pensar em outro formato com 18 clubes, mas acho que não vai acontecer", afirmou o presidente da La Liga.

Esporte