PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Três árbitros africanos suspensos por "atuações ruins"

22/11/2016 16h18

Paris, 22 Nov 2016 (AFP) - Três árbitros foram suspensos por três meses pelas "atuações ruins" nas partidas válidas pelas eliminatórias africanas para a Copa do Mundo-2018, anunciou neste terça-feira a Confederação Africana de Futebol (CAF).

O trio queniano que apitou a partida entre Líbia e Tunísia (0-1), em 11 de novembro, foi suspenso.

O árbitro principal Davies Omweno foi suspenso por três meses por "ter tido posicionamento ruim, movimentação ruim, identificação incorreta de faltas e incapacidade de punir", enquanto um de seus bandeirinhas, Berhe Tesfagiorghis, foi punido pelo mesmo período por "decisões erradas de impedimento, inclusive anulando um gol legítimo da Líbia".

O segundo bandeirinha da partida, Theogene Ndagijimana, recebeu apenas uma advertência da CAF por "ter se enganado em diversos lances básicos de impedimento que impediram ataques perigosos".

O árbitro da partida entre África do Sul e Senegal (2-1), em 12 de novembro, o ganês Joseph Lamptey, foi suspenso por três meses por "ter dado um pênalti por mão na bola inexistente".

Esporte