PUBLICIDADE
Topo

Fórmula 1

Nelson Piquet usa termo racista para se referir a Lewis Hamilton

Piquet usou termo considerado racista para se referir a Lewis Hamilton  - Fotos: Divulgação/Mercedes
Piquet usou termo considerado racista para se referir a Lewis Hamilton Imagem: Fotos: Divulgação/Mercedes

Do UOL, em São Paulo

27/06/2022 16h31

O ex-piloto Nelson Piquet usou um termo considerado racista para se referir a Lewis Hamilton ao comentar um acidente entre o britânico e Max Verstappen no Grande Prêmio de Silverstone, na temporada de 2021 da Fórmula 1.

Em vídeo de entrevista ao jornalista Ricardo Oliveira, em novembro de 2021, Piquet chama Hamilton de "neguinho" ao comparar os acidentes envolvendo Ayrton Senna e Alain Prost, em 1990, na largada do GP do Japão, e o que ocorreu 31 anos depois, no GP da Inglaterra. O trecho da entrevista foi publicado pelo canal Enerto, especializado em automobilismo, e repercutiu nas redes, com críticas ao tricampeão, que teve a fala apontada como racista (veja abaixo). O termo quando usado de maneira pejorativa ou com a intenção de ofender é considerado racista.

"O neguinho [Lewis Hamilton] meteu o carro e não deixou [desviar]. O Senna não fez isso. O Senna saiu reto. O neguinho meteu o carro e não deixou [Verstappen desviar]. O neguinho deixou o carro porque não tinha como passar dois carros naquela curva. Ele fez de sacanagem. A sorte dele foi que só o outro [Verstappen] se fodeu. Fez uma puta sacanagem", afirmou o tricampeão mundial.

No ano passado, Hamilton e Verstappen travaram uma disputa ponto a ponto pela liderança do Mundial. Em Silverstone, Hamilton tocou o pneu no carro de Verstappen que rodou e bateu na barreira de proteção, provocando a interrupção da prova por mais de 40 minutos. A corrida foi reiniciada, e Hamilton recebeu 10 segundos de punição. Apesar disso, o britânico venceu a prova, com Charles Leclerc em segundo. O piloto da Red Bull conquistou o Mundial.

Vale lembrar que a filha de Nelson Piquet, Kelly Piquet, é namorada de Max Verstappen.

Errata: o texto foi atualizado
Diferentemente do informado inicialmente, Lewis Hamilton venceu o GP de Silverstone em 2021, não Max Verstappen. O erro foi corrigido no texto.

Fórmula 1