PUBLICIDADE
Topo

Tênis

Aberto da Austrália divulga nova tabela; tenista italiano substitui Djoko

Siga o UOL Esporte no

Colaboração para o UOL, em São Paulo

16/01/2022 08h04

Após confirmar que Novak Djokovic está fora da chave masculina do torneio, a organização do Aberto da Austrália divulgou a tabela atualizada da competição, sem o tenista sérvio, que era o cabeça de chave número um. O italiano Salvatore Caruso (150 do mundo) ficou com a vaga deixada por Novak Djokovic.

A organização da competição se limitou a informar que usou as regras do Grand Slam, substituindo Djokovic, nove vezes vencedor do torneio e atual tricampeão, por um 'Lucky Loser' [perdedor de sorte], isto é, o jogador derrotado na fase classificatória com melhor colocação no ranking da ATP (Associação de Tênis Profissional, em português).

Desta forma, Salvatore Caruso enfrenta o sérvio Miomir Kecmanovic (nº 78 do mundo) na estreia do torneio. O jogo está marcado para amanhã, a partir das 3h (de Brasília). Quem avançar, enfrenta o vencedor do duelo entre o cazaque Mikhail Kushkin (180º) e o norte-americano Tommy Paul (41º)

Entenda a saída de Djokovic do torneio

Djokovic entrou na Austrália em 5 de janeiro sem se vacinar, alegando que testou positivo para covid-19 em 16 de dezembro. Ao desembarcar no aeroporto, ele foi parado pela polícia alfandegária por não apresentar todos os documentos necessários para justificar a entrada no território australiano.

Djoko teve o visto inicialmente cancelado por representar risco para a saúde pública, mas entrou na Justiça e ganhou o direito de entrar no país.

Desde então, havia expectativa para saber se o juiz do caso cancelaria o visto do sérvio, o que aconteceu. Hoje (16), mais cedo, foi julgado um recurso da defesa de Djokovic, que foi negado, confirmando que o tenista não pode entrar na Austrália. Ele deve ser deportado e pode ficar até três anos sem entrar no país da Oceania.

Tênis