PUBLICIDADE
Topo

Glenda se emociona e chora após ouro de brasileira no Pan: "bonito de ver"

Retrato da apresentadora Glenda Kozlowski - Lucas Landau/UOL
Retrato da apresentadora Glenda Kozlowski Imagem: Lucas Landau/UOL

Do UOL, em São Paulo

04/08/2019 16h42

Glenda Kozlowski não segurou a emoção após o ouro de Chloe Calmon nos Jogos Pan-Americanos de Lima, no Peru. No momento que a brasileira venceu a final do longboard feminino, a repórter do SporTV se emocionou e chorou durante a transmissão ao vivo na tarde de hoje (4).

"Eu to vivendo essa coisa da dificuldade de ser atleta do Brasil. É muito difícil, ainda mais na estreia do esporte (longboard) no Pan. É bonito de ver no dia dia a luta pra conseguir vencer na sua modalidade. Agora a emoção é dela", disse a repórter, com a voz embargada.

Vale lembrar que Glenda era atleta antes de iniciar a trajetória no jornalismo. Ela é ex-bodyboarder e chegou a vencer campeonatos nacionais e mundiais da modalidade.

Ainda durante a transmissão da final do longboard, a repórter quebrou o protocolo e deu um abraço em Chloe antes de entrevistá-la para o canal de TV fechada.

Além de ser a primeira medalha de ouro da história do longboard no Pan, a conquista de Chloe foi importante para o Brasil subir no quadro de medalhas. No momento do ouro da carioca, às 15h54 (de Brasília), o Brasil chegou a 19 medalhas de ouro no quadro de medalhas do Pan. O número é igual ao do México, que ocupava o segundo lugar nos últimos dias. O Brasil, porém, leva vantagem no número de pratas: são 16 brasileiras contra 13 do México. Na contagem geral de medalhas, o Brasil também leva vantagem, com 67 pódios contra 65 dos mexicanos - o Canadá, 17 ouros, porém, tem 72 medalhas e só fica atrás dos EUA no número total de pódios.