PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Mascote de time de hóquei troca socos com torcedor em ginásio

Do UOL, em São Paulo

17/12/2018 13h03

Na última sexta-feira (14), o Chicago Blackhawks recebeu o Winnipeg Jets, em jogo pela temporada 2018/2019 da NHL, e perdeu por 4 a 3, graças a um gol de Mark Scheifele na prorrogação. E talvez o placar adverso no United Center tenha motivado uma briga envolvendo um torcedor do time da casa e a mascote dos Blackhawks, Tommy Hawk.

Segundo o jornal Chicago Sun-Times, as autoridades policiais de Chicago foram notificadas por volta das 23h15 (horário local, 3h15 de sábado no horário de Brasília) por causa de um incidente no ginásio dos Blackhawks. No local, “um homem estava trabalhando como mascote de equipe”, de acordo com policiais, quando outro homem começou a agredi-lo, segundo fontes policiais.

As imagens da briga entre torcedor e mascote logo caíram nas redes sociais e mostram a mascote atirando o torcedor contra o chão, antes de atacá-lo com alguns socos. O jornal afirma que torcedor envolvido na briga teria entre 18 e 20 anos. Ninguém foi detido até a noite de sábado.

De acordo com um porta-voz dos Blackhaws, os dirigentes já haviam sido comunicados a respeito do incidente. “Estamos reunindo fatos e não faremos mais comentários neste momento”, declarou.

Esporte