PUBLICIDADE
Topo

Tênis

Jornalista é demitido após comentários racistas sobre Serena Williams

Serena Williams chora após deixar entrevista coletiva no Australian Open - ROB PREZIOSO / TENNIS AUSTRALIA / AFP
Serena Williams chora após deixar entrevista coletiva no Australian Open Imagem: ROB PREZIOSO / TENNIS AUSTRALIA / AFP

Colaboração para o UOL, em São Paulo

25/03/2021 19h41

A rede Cumulus, responsável pela Rádio Buffalo, de Nova York, anunciou a demissão do repórter Rod Lederman, que foi acusado de comentários racistas contra Serena Williams, Halle Berry e Gayle King.

Durante uma atração do veículo, o profissional fez uma comparação sobre os tons de pele das atletas com tonalidades de torradas. Além dele, outros dois jornalistas chamados de Geanzler e Klein foram suspensos do trabalho. No caso do primeiro, ele ainda perdeu a posição como porta-voz de duas outras atrações.

Por meio de seu perfil nas redes sociais, a rede Cumulus pediu desculpas pelo ocorrido e lamentou profundamente o incidente, afirmando que as medidas necessárias já estavam sendo tomadas contra os profissionais em questão.

Tênis